AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Palmeiras abafa o Fluminense, mas volta a escorregar e não embala no Brasileirão



O Palmeiras teve bons momentos no empate por 1 a 1 com o Fluminense no Allianz Parque, mas voltou a tropeçar no Brasileirão e assim perdeu a chance de se aproximar das primeiras posições. 

Com 20 finalizações a seu favor contra oito do Flu, o Verdão pressionou o time de Fernando Diniz com marcação alta e dificultou muitas vezes a saída de bola, trazendo problemas até para o goleiro Fábio. 

Sem poupar ninguém, Abel Ferreira escalou o Verdão com dois pontas (Wesley e Dudu) em vez de ter Gustavo Scarpa armando pela esquerda, com o camisa 7 do outro lado. 

As jogadas individuais de Wesley geraram pouco perigo no lado esquerdo, e na etapa inicial mais uma vez os melhores momentos do Palmeiras vieram das tramas entre Dudu e Raphael Veiga. Mas a marcação bem recuada do Fluminense, com as linhas bem próximas de sua área, dificultaram na criação de chances claras. 

Ainda assim, o Verdão teve chances no primeiro tempo especialmente na velocidade de Rony. A mais clara veio após o choque do atacante com Fábio dentro da área do Fluminense. Wesley desperdiçou o rebote, mesmo com o goleiro já batido. 

Em um jogo que foi ficando ríspido com divididas fortes dos dois lados e a reclamação dos palmeirenses pela cera que o Fluminense fez desde o primeiro tempo, Abel decidiu mudar não só nomes, mas o esquema da equipe para fazer a pressão ser mais eficaz. 

Logo depois de duas grandes chances em seguida criadas por Dudu, o técnico tirou Danilo e Wesley para colocar Gustavo Scarpa e Rafael Navarro. Além de um jogador de referência na frente, ele deixou o camisa 14 como um meia pela direita para jogar próximo de Rony e passou Dudu para o outro lado. O gol veio logo em seguida, com passe de Scarpa. 

A vantagem era justa naquele momento, em que o Palmeiras corria poucos riscos e incomodava muito o Fluminense. Mas uma sequência de erros pouco comuns para esta equipe gerou o empate amargo. Uma transição rápida do Flu em que Jorge vacilou no primeiro combate terminou com Cano mandando para as redes de Weverton. 

Abel avisou que terá uma conversa com os atletas sobre o lance, já que o Verdão estava à frente no placar, com o jogo naquele momento controlado e ficou muito desorganizado naquele momento. Depois que Jorge entrou no lugar de Piquerez, o Fluminense teve algumas escapadas perigosas no lado esquerdo. 

Resultado: o terceiro empate em cinco jogos para o Palmeiras no Brasileirão. Avassalador e com 100% de aproveitamento na Libertadores, o time fez um bom jogo na competição nacional, mas vive situação bem diferente na tabela. 

No começo da entrevista coletiva, Abel disse que não está preocupado e de fato não é para tanto, afinal são apenas cinco rodadas. Mas são muitos tropeços neste começo de Brasileiro e é preciso cuidado para não ficar distante demais dos ponteiros logo de cara.


GE

Foto: Marcos Ribolli


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.