AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Polícia Civil conclui inquérito e indicia mãe pela morte de bebê no Sul de Minas




A Polícia Civil concluiu, nesta segunda-feira (1), o inquérito policial que apurava as causas da morte de um bebê de 2 meses e 15 dias, na cidade de Conceição da Aparecida, em julho de 2021. Segundo a delegacia de Carmo do Rio Claro, a mãe será indiciada pela morte da criança. 


De acordo com a polícia, as investigações começaram após a mãe registrar um boletim de ocorrência, afirmando que tinha encontrado o filho morto. A mulher teria alegado que chegou em casa na noite anterior, amamentou a criança e dormiu. Ao acordar, a mãe percebeu que o bebê não tinha sinais vitais. 


Através de perícias, documentos e testemunhos, foi possível entender a dinâmica dos fatos. Segundo a Polícia Civil, a perícia constatou que o bebê estava com desnutrição grave, era muito pequeno e teria perdido cerca de 1 kg desde o nascimento. 


Os profissionais de saúde confirmaram que a mãe não fez o pré-natal adequado, não teria feito acompanhamento pediátrico e não alimentava o filho de maneira correta. Ainda de acordo com a polícia, na carteira de vacinação do bebê faltavam algumas vacinas. 


Algumas testemunhas que foram ouvidas confirmaram que o bebê geralmente era cuidado por terceiros e a mãe só retornava à noite do trabalho. Ainda de acordo com os relatos, o bebê ficava sem leite materno durante muitas horas. 


A Polícia Civil ainda constatou que no dia da morte do bebê, a mãe foi informada de que a criança teria chorado muito durante o dia, mas que mesmo assim a mulher não procurou ajuda médica. De acordo com as informações, a suspeita tem registros policiais por tráfico de drogas e roubo. 


O inquérito foi remetido à Justiça, com o devido indiciamento da suspeita. As investigações foram conduzidas pela Polícia Civil em Carmo do Rio Claro.


G1 Sul de Minas

Foto: Polícia Civil




 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.