AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Polícia fecha abatedouro clandestino de cavalos que abastecia açougue em Minas Gerais



Um abatedouro clandestino foi flagrado pelas polícias Civil e Militar na cidade de Mercês na segunda-feira (16). Na ocasião, quatro homens, com idades entre 28 e 44 anos, foram presos em flagrante por falsificação, corrupção e adulteração de substância ou produtos alimentícios.

Segundo a Polícia Civil, após levantamentos e campana para apuração de uma denúncia, os policiais conseguiram constatar que o imóvel era utilizado para o abate ilegal de equinos. Dois animais, que já haviam sido abatidos, foram encontrados no momento da ação policial.

Conforme informações do delegado Yury Bueno Campos, um dos presos confessou ter levado esses animais ao local com o propósito de abatê-los e, posteriormente, a carne seria vendida a um açougue da região de Ubá.

As autoridades identificaram que as carnes dos animais estavam sendo comercializadas como se fossem do tipo bovina.

Cavalos foram encontrados em abatedouro clandestino em Mercês — Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoCavalos foram encontrados em abatedouro clandestino em Mercês.

Além disso, investigações apontaram que a carne de animais doentes estaria sendo comercializada.

“Os animais também estavam em situação de vulnerabilidade e não havia o cumprimento das normas vigentes”, explicou o delegado Diêgo Candian.

Diêgo afirmou ainda que há a possibilidade de indiciamento dos suspeitos por associação criminosa. A pena para o crime varia de 4 a 8 anos de reclusão e multa.

As investigações prosseguem na Delegacia de Polícia Civil em Mercês, unidade que entrega a 2ª Delegacia Regional em Ubá, pertencente ao 4º Departamento de Polícia Civil.

Fonte: G1



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.