AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Raiva humana: suspeita de quarto caso da doença é descartado em Minas



A Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) descartou, nesta segunda-feira (9/5), o quarto caso de raiva humana no Estado. A paciente, uma menina de 11 anos, deu entrada no Hospital Infantil João Paulo II, em Belo Horizonte,  no último dia 23, ao apresentar sintomas como febre e cefaleia. No entanto, após monitoramento, os testes laboratoriais deram negativo para a doença. 

A criança é moradora da reserva indígena maxacali, no município de Bertópolis, no Vale do Mucuri, onde três casos de raiva humana foram confirmados em crianças, de 5 e 12 anos, ainda em abril. Dos três, nenhum paciente sobreviveu. 

Duas, das três crianças, apresentaram sintomas após serem mordidas por um morcego hematófago (transmissor da doença). Já a criança de 5 anos não apresentou nenhum sintoma, embora diagnosticada com a doença. 

Até abril deste ano, Minas Gerais registrava uma década sem casos da doença no Estado. Transmitida na maior parte dos casos por cães e morcegos, a doença é fatal em quase 100% dos casos, aponta o Ministério da Saúde.

A pasta aponta ainda para medidas eficientes de proteção, “como a vacinação humana e animal, a disponibilização de soro antirrábico humano e a realização de bloqueios de foco”. 


EM

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.