AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Bernardo Silviano Brandão anuncia pré-candidatura a Deputado Estadual

 


O ex-Secretário de Estado Adjunto de Cultura e Turismo do Governo de Minas Gerais colocou seu nome a disposição do Governador Romeu Zema e do partido NOVO para concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Bernardo é advogado, formado pela Faculdade de Direito Milton Campos de Nova Lima/MG, tendo trabalhado durante 7 anos como advogado corporativo em empresas nos ramos de construção civil, mineração e saúde.

Em janeiro de 2019, Bernardo deixou a atuação jurídica para se dedicar à administração pública, tendo passado a ocupar o cargo de Assessor de Relações Institucionais do Vice-Governador Paulo Brant. Ainda, de forma voluntária, assessorou a Presidência do Servas - Serviço Social Autônomo.

Já em novembro de 2019, Bernardo foi nomeado Secretário de Estado Adjunto de Cultura e Turismo do Governo de Minas Gerais, função que exerceu até março de 2022.

Durante os dois anos e meio como Secretário Adjunto, Bernardo trabalhou visando dar eficiência e celeridade para as ações da Secretaria, além de ter atuado na elaboração de políticas públicas necessárias para o fortalecimento dos setores turístico e cultural. Durante este período, a Secult expandiu suas ações, descentralizando cada vez mais sua atuação pelo Estado, o que gerou o crescimento principalmente dos indicadores da cadeia produtiva do turismo. Somente no segundo semestre de 2021, o crescimento econômico das atividades turísticas em Minas Gerais superou a média nacional, alcançando o patamar de 19%, consolidando o Estado como um dos principais destinos turísticos do país.

Diante da atuação como Secretário Adjunto, Bernardo obteve o reconhecimento de sua dedicação e empenho pelo Governador Romeu Zema, pelo Vice-Governador Paulo Brant, por demais Secretários de Estado e Servidores do Governo de Minas Gerais.

Já em abril de 2022, Bernardo anunciou sua pré-candidatura a Deputado Estadual por Minas Gerais, pelo partido NOVO.

Nos seus planos estão a continuidade do trabalho eficiente pelo Estado e de seu desenvolvimento econômico e social, principalmente do setor turístico. O momento atual é de crise e Bernardo entende que somente através da geração de empregos será possível ajudar as pessoas a conseguirem superar esta conjuntura. É necessário continuar o trabalho de atração de investimentos para Minas Gerais através da desburocratização e maior facilidade para abertura de novos negócios, o que irá beneficiar milhões de desempregados no Estado de Minas Gerais.

Além disso, Bernardo acredita que o setor turístico pode ser grande gerador de emprego e renda, diante de seu grande campo para expansão em Minas Gerais e devido a necessidade de se diversificar a matriz econômica do Estado. Contudo, o setor carece de representação no legislativo estadual para que as principais pautas estruturantes do setor possam ser debatidas com mais amplitude. Haja vista o atual crescimento da atividade turística em Minas Gerais no momento pós pandemia, é importante que o setor se una em torno de um projeto de desenvolvimento que envolverá a iniciativa privada, Poder Executivo e Legislativo estaduais, para tornar este mercado relevante na matriz econômica de Minas Gerais.




 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.