AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Casal suspeito de matar a filha de 2 anos em MG tem prisão preventiva decretada



O casal preso na última quarta-feira (15) pela polícia em Nanuque, no Vale do Mucuri, suspeito de matar a própria filha de dois anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. O homem de 33 anos e a mulher, de 20 anos, tentavam fugir para o Espírito Santo quando foram presos após a morte da criança. 

Em entrevista a O TEMPO, o delegado Lucas Damas, da cidade de Águas Formosas, onde ocorreu o crime, disse que o laudo de necropsia na vítima indicou que houve uma hemorragia interna no fígado. A investigação aponta que provavelmente a agressão foi provocada pelo casal por meio contundente. 

Apesar da lesão ser por meio contundente, o delegado disse que neste momento diversas hipóteses são levantadas e a investigação busca eliminar as teses menos plausíveis de como foram as agressões. 

Em conversa com a reportagem, o delegado disse que não há o que se falar em motivação, já que nada que uma criança de dois anos faça seja capaz de motivar uma agressão que acarreta sua morte. 

Sem dar detalhes, Lucas Damas disse que a mãe tem antecedentes de maus tratos a outra criança em um caso que está sob sigilo. 

O responsável pelo caso pediu a prisão preventiva por feminicídio, por ser violência doméstica e familiar contra criança, que é mulher, e também pelo crime impossibilitar a defesa da vítima. O pedido foi aceito pela Justiça.


Fonte: O Tempo




 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.