AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Fila de espera pelo Auxílio Brasil chega a 764,8 mil pessoas



Seis meses após a troca do Bolsa Família pelo Auxílio Brasil, o programa de assistência do governo federal acumula 764.798 famílias à espera do benefício até maio passado.

A fila começou a se formar em março. Ao fim do período de 30 dias, 71.099 famílias já aguardavam um retorno. A razão, para especialistas, é o descompasso entre número de família elegíveis para o programa e o orçamento para os pagamentos.

Até fevereiro, de acordo com o Ministério da Cidadania, não havia espera. Até esse período, o Bolsa Família atendia mais de 15 milhões de famílias. O número de cidadãos aptos tem crecido desde então muito por conta do afrouxamento das regras.

Não há mais avaliação do quadro da família e nem uma quantia cedida conforme necessidades. Desde a adaptação do programa, todos ganham R$ 400. Em maio, 18,1 milhões de famílias receberam.

O governo explica que o aumento da assistência social atende a uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de pagamento de um benefício como renda mínima para a população que se encontra em situação de extrema pobreza.

Analistas de política dizem que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), queria aproveitar o sucesso do Auxílio Emergencial, programa que criou durante a pandemia, para elevar suas expectativas para a reeleição.


Fonte: SBT NEWS




 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.