AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Assassinato em culto: polícia investiga ligação do crime com duplo homicídio no CE e tiro em criança em MG

 Foto: Reprodução/EPTV


A Polícia Civil investiga a possível relação entre o assassinato de Kauê Alves dos Santos, de 26 anos, durante um culto em São Sebastião do Paraíso (MG) com outros dois crimes. Os casos em questão são um duplo homicídio cometido no estado do Ceará e também o tiro na cabeça de uma criança de 7 anos na cidade do Sul de Minas

De acordo com a polícia, os fatos começaram a se relacionar após a prisão dos suspeitos pela morte do homem durante o culto. Um dos suspeitos, segundo a Polícia Civil, confessou ser irmão da vítima e autor dos três tiros, além de ter revelado que o crime foi cometido por vingança ao duplo homicídio ocorrido no Ceará

Ambos os casos se ligam ainda, conforme a polícia, com o caso de um menino baleado na cabeça em São Sebastião do Paraíso, em junho deste ano. O homem morto no culto era tio de consideração da criança. 

De acordo com o delegado Rafael Gomes, responsável pelo caso do homicídio no culto, Kauê, o padrasto da criança e o restante da família se mudou para São Sebastião do Paraíso após o duplo homicídio no Ceará.

“O que ocorre é que toda essa família veio do Ceará para São Sebastião do Paraíso, aparentemente após ocorrer um duplo homicídio no estado do Ceará e, pelo qual, são investigados o padrasto da criança, bem como a vítima do homicídio no culto. Então, a relação que há entre esses dois casos é essa, disse. 

Já com relação à criança baleada, o delegado destacou que os suspeitos presos pelo assassinato no culto foram motivados a irem a São Sebastião do Paraíso após o disparo na cabeça do menino. 

“Após o disparo que ocorreu, em tese, acidentalmente, vitimando aquela criança, os familiares daquelas vítimas do Ceará vieram a São Sebastião do Paraíso e cometeram esse crime aparentemente por vingança”, falou. 

O delegado revelou, ainda, que investiga se Kauê é o nome verdadeiro do homem assassinado no culto, pois o padrasto foragido estaria utilizando nome falso. As investigações também ocorrem para descobrir há quanto tempo os suspeitos estavam em São Sebastião do Paraíso para planejar o homicídio. 

Criança baleada acorda do coma 

Desde que o disparo contra a criança de sete anos aconteceu, o menino segue internado na Santa Casa de São Sebastião do Paraíso. O garoto acordou do coma nesta segunda-feira (11) e uma equipe da Polícia Civil esteve no hospital. 

O delegado afirmou que ainda não houve contato com a criança, que segue em recuperação. Ele destaca, no entanto, que não é descantada a possibilidade do menino ser ouvido em busca de pistas sobre a ligação dos casos.

Disparos na igreja

Um homem foi morto a tiros durante um culto evangélico na noite de domingo em São Sebastião do Paraíso. Segundo a Polícia Militar, a vítima de 26 anos participava do culto em uma igreja localizada no bairro João XXIII, quando o suspeito invadiu o local e fez os disparos. 

O homem foi atingido com três tiros na cabeça. Após atirar contra a vítima, o suspeito saiu da igreja e entrou em um carro que estava estacionado perto do local junto com outros indivíduos. 

A Polícia Militar iniciou a operação para localizar os suspeitos. Após compartilhamento de informações entre os órgãos de segurança pública, a Polícia Rodoviária Federal abordou um veículo suspeito na BR-116, em Teófilo Otoni. 

No veículo, que tinha placas do Ceará, estavam três homens, de 41, 35 e 30 anos, e uma mulher de 41 anos. Ainda de acordo com a PM, durante a abordagem os policiais apreenderam uma arma, que pode ter sido utilizada no crime. Os suspeitos foram presos e encaminhados para a delegacia de Teófilo Otoni. 

A vítima foi identificada como Kauê Alves dos Santos. Ele morreu no local. O corpo dele foi removido para a funerária e depois seria encaminhado para o IML. A vítima é natural do estado do Tocantins. 

Kauê foi sepultado na manhã desta terça-feira em uma cova rasa, pois a família não tinha condições de levar o corpo de volta ao Ceará.


G1 Sul de Minas


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.