AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Atlético busca feito de três times nos pontos corridos para ser campeão

Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press


O Atlético busca um feito realizado por apenas três times na era dos pontos corridos para ser campeão brasileiro mais uma vez. O objetivo, ao fim do primeiro turno, é tirar sete pontos de distância para o líder Palmeiras. 

Desde 2003, quando o Campeonato Brasileiro passou a ser integralmente disputado no formato de pontos corridos, três clubes conseguiram tirar vantagens - ainda maiores - para os líderes da 20ª a 38ª rodada e levantaram a taça.

O primeiro deles foi o São Paulo, em 2008. Ao fim do primeiro turno, os comandados do técnico Muricy Ramalho ocupavam o 4° lugar (assim como o Atlético atualmente), com 33 pontos, a oito de distância do líder Grêmio.

Na segunda metade da competição, o Tricolor somou 42 pontos. A campanha ainda foi suficiente para que o clube paulista terminasse com três pontos de vantagem para o Grêmio, vice-líder - conquistando o terceiro título consecutivo na Série A.

No segundo turno, o Rubro-Negro somou 40 pontos. A campanha de recuperação fez com que o Fla levantasse o título com dois pontos de vantagem para o Inter, vice-líder.

Tal façanha só voltaria a ser alcançada nove anos depois. Em 2018, o Palmeiras encerrou o primeiro turno na 6ª posição, com 33 pontos, a oito de distância do líder São Paulo.

Absoluto, o Verdão somou incríveis 47 pontos na segunda metade do Campeonato Brasileiro e ainda terminou com oito de vantagem para o Flamengo, vice-líder.

Contas para o Atlético no Brasileiro

Nesta segunda-feira (25), o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) calculava que o time que alcançar 74 pontos na atual edição do Campeonato Brasileiro terá 99% de chances de levantar a taça.

O Atlético é o 4° colocado na tabela, com 32 pontos. Portanto, para chegar à marca estipulada pelos matemáticos da UFMG, o Galo precisaria somar outros 42.

Entre os exemplos citados na reportagem, tais números foram alcançados pelo São Paulo (42), em 2008, e pelo próprio Palmeiras, que somou 47 no segundo turno de 2018.

A forma mais prática de alcançar os 74, para o Atlético, se dá por meio da conquista de 14 vitórias em 19 jogos restantes na competição. Em outro cenário, 13 vitórias e três empates também poderiam deixar o time de Cuca bem próximo de um novo título.

O cenário é desafiador, mas o Galo tem motivos para acreditar na retomada do bom desempenho com o comandante da temporada mais vitoriosa da história do clube. Em ambos os turnos do Campeonato Brasileiro de 2021, o Atlético somou 42 pontos (com 13 vitórias, três empates e três derrotas) - exatamente os números calculados como necessários, pela UFMG, para mais uma conquista.


Super Esportes


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.