AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Cocatrel lança café cru e oferece aos consumidores a opção torrar e moer o grão em casa

 

Foto: CCCMG

A Cocatrel lançou na última terça-feira (19/07) mais uma opção para os amantes do café: o grão cru, para ser torrado e moído em casa. Esse novo produto atende o recente nicho de mercado que torna o processo de torrar e moer um verdadeiro ritual para se consumir a bebida.

O café cru, também chamado de café verde, lançado pela Cocatrel será vendido em pacotes de 1kg embalados à vácuo, que mantém as qualidades sensoriais dos grãos durante o transporte e armazenagem. Eles poderão ser encontrados nas Cafeterias Cocatrel, em Três Pontas, Nepomuceno, Carmo da Cachoeira e Santana da Vargem, e na loja online.

O café em grãos cru da Cocatrel vem em uma embalagem transparente, que permite visualização completa do conteúdo. Os grãos são da variedade Bourbon Amarelo, posicionados entre os melhores do mundo para a produção de cafés especiais. Isso porque, no geral, dão origem a bebidas suaves, de baixa acidez e corpo médio, com acentuada doçura e notas achocolatadas, que chegam a lembrar cereais torrados e avelãs. Por isso, esse café oferece excelentes harmonizações com chocolates, por exemplo.


Mercado & Cultura

O café torrado em grãos e o café cru já são realidades no mundo do café e sua existência e crescimento andam juntos com o mercado de cafés especiais, que vai criando uma cultura de consumo composta por consumidores que desejam mais do que tomar café. Querem experenciar os processos de torra, de moagem, de preparação por vários métodos. Assim, tornam-se os donos de seus próprios blends, verdadeiros alquimistas do café. Com esse fenômeno de gourmetização, é cada vez mais comum observarmos as pessoas falando sobre cafés 100% arábica, cafés regionais, variedades, tipo de cultivo, modo de preparo, tipo de torra, granulometria, certificação, rastreabilidade, singles coffees, estate coffees e outros.

O processo dos cafés crus relembra a origem do consumo, quando as pessoas compravam o café e levavam para torrar em casa. O surgimento das marcas de cafés industrializados facilitou o processo e a categoria dos cafés torrados e moídos dominou o mercado. O tamanho do segmento é muito pequeno, mas seu crescimento ocorrerá visto que há espaço para pessoas que desejam fazer o processo por completo: da torra à bebida.

Um ponto superimportante nesse nicho é possibilidade de personalizar o ponto de torra, que fará total diferença na bebida, sendo assim um importante fator para que sejam vivenciadas experiências sensoriais. De forma simples, pode-se optar por torra clara, média ou escura. E vale lembrar que torras claras vão muito bem com cafés especiais, já que realçam, de fato, as características do café. Depois de torrados, os cafés devem descansar para então serem moídos.

Para moer o processo também é simples: coloca-se os grãos torrados no moedor, define-se a granulometria ou “finura” do pó e faz-se a moagem. Vale lembrar que a granulometria varia conforme o método de preparo. Moer na hora permite tirar todo o potencial do grão e, para muitos, acrescentar mais esse passo na preparação da bebida é na verdade uma satisfação que tem valor.

Fonte: Comunicação Cocatrel


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.