AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Dinheiro falso: grupo suspeito de praticar golpes é preso no Sul de Minas

(foto: Marcello Casal JrAgência Brasil)


Depois de três estabelecimentos comerciais de Areado, no Sul de Minas, denunciarem à Polícia Militar (PM) sobre a circulação de notas falsificadas, alguns suspeitos foram presos pelo crime.

Conforme a PM, os comerciantes disseram que foram pagos com notas falsas de R$ 200. Uma mulher teria repassado o dinheiro.

Em rastreamento, a Polícia Militar encontrou a mulher suspeita e outros comparsas. Após serem identificados, todos foram presos. Eles foram encaminhados para a Polícia Federal em Varginha.
 
Além de Areado, a suspeita é que o grupo tenham repassado notas falsas em outras cidades da região.
 

Varginha

 
Na noite da última terça-feira (19/7), um menor foi apreendido por estelionato após repassar notas falsas a um comerciante em Varginha, também no Sul de Minas.
De acordo com a Guarda Civil Municipal, a vítima contou que um homem foi a um bar local por três vezes e, em cada uma delas, comprou algo com uma nota de R$ 20,00, sempre obtendo o troco. Depois disso, a vítima percebeu que as notas eram falsas e acionou os agentes.
 
Ainda segundo a GCM, após rastreamento o suspeito foi localizado na rodoviária da cidade. Ao avistar a viatura policial, tentou fugir, mas foi abordado.
 
Os guardas precisaram utilizar técnicas de imobilização para conter o suspeito, que estava agressivo. Ele confessou que havia aplicado o golpe junto com um menor e que eles conseguiram o valor de R$ 30,00 que seria dividido entre os dois.

Passos

Na semana passada, a Associação Comercial e Industrial de Passos (Acip) alertou para a circulação de notas falsas de R$ 100 e R$ 200 no comércio da cidade. Para tentar mudar esse cenário e também alertar a população sobre o caso, a Acip iniciou campanha nas redes sociais.

No último dia 8, dois homens foram presos com R$ 5,2 mil em notas falsas em Passos. A dupla foi abordada no Bairro Nossa Senhora Aparecida e as notas apreendidas. Eles foram levados para a Delegacia da Polícia Federal, em Divinópolis.
 
Durante a abordagem, foi verificado que as cédulas eram falsas. Um dos suspeitos estava com cerca R$ 3 mil em notas de R$ 50 e o outro com aproximadamente R$ 2 mil, também em notas de R$ 50. 
 
Um homem já havia sido preso dois dias antes, após tentar fazer o pagamento com duas notas de R$ 100 falsas em uma farmácia, no Bairro Penha, em Passos. De acordo com a Polícia Militar, o comerciante percebeu o ato e acionou os policiais.


EM

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.