AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Por que matemáticos praticamente asseguram acesso do Cruzeiro à Série A?

foto: Staff Images/Cruzeiro


Professor do departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Gilcione Nonato Costa explicou ao Superesportes por que ele e outros profissionais da área já praticamente asseguram o acesso do Cruzeiro à Série A do Campeonato Brasileiro. 

Com 73,7% de aproveitamento, o Cruzeiro fechou o primeiro turno da Série B tendo somado 42 pontos de 57 possíveis. Os mineiros abriram vantagem de sete para o vice-líder Vasco e impressionantes 14 para o Tombense, 5º colocado, primeiro clube fora do G4. 

"Estatisticamente falando, dada a condição do Cruzeiro, ele já subiu. Se o campeonato daqui em diante mudasse completamente, o Cruzeiro passasse a fazer uma pontuação ruim, ele faria 20 pontos no segundo turno", avaliou Gilcione. 

"O Cruzeiro chegaria a 62 e forçaria o 5º colocado a fazer mais de 36 pontos no returno, e isso é muito difícil. Por esse motivo, ele praticamente já garantiu o acesso. Só não garantiu matematicamente", complementou o professor. 

De acordo com a UFMG, o Cruzeiro tem 98,3% de chance de acesso. "A grosso modo, isso é equivalente a, em um baralho de cartas, você sortear uma única carta específica que não garantiria o acesso do Cruzeiro. É muito improvável", reforçou Gilcione.  

Acesso em qual rodada? 

A discussão entre os matemáticos já é sobre qual rodada o Cruzeiro se garantirá matematicamente na Série A de 2023. Gilcione afirma que a partir da 28ª os mineiros já poderão ter pontos suficientes para confirmar o acesso.  

"Se você projetar o 5º colocado, Sport ou Tombense, eles vão chegar ao fim do segundo turno com 56 pontos (o dobro do que têm hoje). Então, se o Cruzeiro chegar aos 57 pontos, ele já começa, talvez estatisticamente, a pensar no acesso", disse o professor da UFMG. 

"Do ponto de vista das possibilidades, se tudo continuar ocorrendo bem para o Cruzeiro, existe a chance de, matematicamente, garantir o acesso na 28ª rodada. Antes da rodada 28, só seria possível uma classificação virtual", disse. 

Gilcione acredita que até a 33ª rodada, a seis jogos do fim da Série B, possivelmente em meados de outubro, o Cruzeiro já estará garantido na elite. "É muito provável que na rodada 32 ou 33 ele já esteja matematicamente garantido na Série A", explicou.

E o título?

O Superesportes também questionou o matemático sobre a briga pelo título da Série B. A UFMG aponta o Cruzeiro com 71% de chance de levantar o troféu em 2022. A soma das probabilidades dos adversários não alcança nem a metade da dos mineiros, alerta o professor.

"O acesso está praticamente garantido, mas o título não. Segue em aberto ainda. Existe a gordura do Cruzeiro de sete pontos em relação ao Vasco, talvez matematicamente consiga ser campeão com rodadas de antecedência, mas ele tem ainda os confrontos diretos", avaliou.

"Outro fator que impede a gente de garantir com mais segurança é o desempenho fora de casa. O atual momento é de instabilidade. Para ele garantir o título com maior facilidade, ele teria que recuperar o bom desempenho como visitante", alertou.

Nos últimos quatro jogos fora de casa, o Cruzeiro empatou com Ituano e CSA e perdeu de Vasco e Guarani. Apesar disso, é o segundo melhor visitante da Série B, com 15 pontos - um a menos que a Chapecoense, que lidera.


Super Esportes


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.