AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Começou o censo 2022 em todo o país

 

Foto: Ilustração

O censo 2022 começou na última segunda-feira (1/8). Feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE a pesquisa ocorre a cada virada de década, mas sofreu um atraso de dois anos devido à pandemia de covid-19 e à falta de recursos.

Mais de 180 mil recenseadores estão nas ruas dos 5.568 municípios brasileiros para produzir o novo retrato do Brasil. O objetivo é coletar informações para serem utilizadas na elaboração de políticas públicas e para nortear decisões de investimentos nas mais diversas áreas. 

Os dados coletados são sigilosos. No levantamento de 2022, há dois tipos de questionário: o básico, com 26 quesitos, que leva em torno de 5 minutos para ser respondido. Ele investiga informações sobre o domicílio e os moradores, como a identificação étnico-racial, educação e renda, entre outros pontos. Já o questionário ampliado, que tem 77 perguntas, leva cerca de 16 minutos. Esse questionário mais amplo será respondido por cerca de 11% dos domicílios escolhidos aleatoriamente. Apenas um morador responde por todos do seu domicílio, basta que ele tenha mais que 12 anos de idade e seja capaz de fornecer as informações.

Os recenseadores estão uniformizados com boné e colete azuis com a logomarca do IBGE, crachá de identificação e um dispositivo eletrônico, onde os dados são cadastrados. O crachá traz também um QR code, por meio do qual, o morador pode confirmar a identificação do profissional.

A identidade do recenseador também pode ser confirmada pelo telefone número 0800 721 8181, que funciona todos os dias 8h às 21h30 ou no site www.respondendo.ibge.gov.br.  

Este é o primeiro Censo totalmente digital, da coleta ao processamento dos dados, o que garante mais agilidade e proteção total dos dados. Será possível responder ao Censo também pelo telefone ou pela internet, mas apenas de forma agendada, após contato presencial com o recenseador.

Fonte: Blog do Madeira


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.