AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Homem mata a ex na frente dos dois filhos em Esmeraldas

Foto: Reprodução


 Um homem de 54 anos foi preso pela Polícia Militar no último domingo (31/07) após matar a ex-mulher, de 34 anos, na frente dos dois filhos do casal em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

A vítima tinha medida protetiva contra o homem, registrou diversos boletins de ocorrência por ameaça e nos últimos dias recebeu mensagens que seria morta.

Além de ir até o endereço da mulher, o homem foi também até o local de trabalho dela, uma escola, armado com um facão para anunciar que cometeria o crime. Por aplicativos de mensagem, o suspeito também enviava recados para a vítima. Em um áudio obtido pela reportagem, o homem questiona se ela teria como "ela reportar os fatos mais marcantes" e questiona se ela "morreria com eles". "Para que isso tá feio", ameaça.

Segundo o boletim de ocorrência, no sábado, a mulher fazia almoço para os dois filhos, de 8 e 13 anos, quando foi surpreendida pelo ex-companheiro. O filho mais velho contou aos policiais que o homem entrou no imóvel com duas facas e já chegou avisando "falei que ia te matar, desgraçada", antes de dar uma facada na barriga dela.

Após ser golpeada pela primeira vez, a vítima foi para a parte externa do imóvel e gritou por socorro, quando foi atingida mais quatro vezes nas costas, braço e ombro. O suspeito fugiu por uma mata rumo ao bairro Dumaville. A perícia constatou que a mulher foi atingida cinco vezes e a morte foi constatada no local.

Segundo familiares, o homem não aceitava o fim do relacionamento e nos últimos dias ficou nervoso depois de receber uma notificação judicial sobre processos para tratar da pensão e da guarda dos filhos, quando intensificou as ameaças à ex-companheira. O relacionamento entre eles era marcado por ciúme e várias brigas.

Na última sexta-feira (29), um dia antes do crime, o homem foi até a rua onde a mulher morava e pediu "uma blusa de frio" a um morador, mas familiares da vítima acreditam que ele já estava tramando o crime. Mais de 12 horas depois do crime, a polícia conseguiu prender o suspeito em um sítio próximo à MG-060 após denúncia anônima. Em grupos de conversas no Whatsapp, moradores alertavam que pelo fato de ele trabalhar como caseiro em propriedades da região, poderia estar escondido nesse tipo de imóvel.

Quando foi localizado pela polícia, que contou com a ajuda do helicóptero da corporação, o homem não apresentou resistência e disse que "já esperava ser preso". A ocorrência foi encerrada na 4ª Delegacia de Esmeraldas.

Fonte: O Tempo


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.