AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Polícia prende grupo de roubo de cargas que causou prejuízo de R$ 500 milhões

Foto: Lisley Alvarenga


A Polícia Civil de Minas prendeu em Betim, na região metropolitana, quatro suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada no roubo de cargas e que teria causado um prejuízo de mais de R$ 500 milhões. 

A maioria dos roubos ocorria em Betim e em Contagem, e os produtos, grande parte deles pneus, eletroeletrônicos, laticínios e carnes, eram revendidos em comércios locais. Durante os assaltos, os bandidos mantinham os motoristas em cárcere privado por horas e, quando as vítimas eram soltas, ainda eram ameaçadas caso denunciassem o crime à polícia. 

A prisão dos suspeitos, entre 21 e 25 anos, aconteceu na última sexta-feira (29), durante a operação Carga Pesada. Na ocasião, investigadores da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Betim conseguiram recuperar em um galpão, no bairro Moradas do Trevo, em Betim, R$ 50 mil em produtos de laticínios. A carga foi entregue ao proprietário. 

Início da operação

De acordo com a investigação, iniciada há quatro meses, após um assaltou ocorrido em Contagem, a polícia descobriu que dois integrantes do grupo criminoso eram responsáveis pelo sequestro dos motoristas e outros dois faziam o transporte e o armazenamento da carga roubada. Em cada ação criminosa, os bandidos alteravam a placa do veículo usado por eles. 

"Durante o período do transbordo e do armazenamento da carga, que durava entre 5 e 6 horas, o motorista ficava privado de liberdade, sendo ameado por uma espada katana e por uma arma de fogo. Depois que a carga era armazenada, eles soltavam o motorista, sem roubar nada dele, mas fotografavam as identidades das vítimas e as ameaçavam, dizendo que, caso elas procurassem à polícia, haveria retaliação", detalha o delegado Roberto Veran. 

Ao menos sete motoristas reconheceram os suspeitos nesta invetigação, mas a polícia acredita que haja outras vítimas. "Daremos continuidade as investigações para identificar os receptadores das mercadorias. Acreditamos que haja ainda outras duas associações criminosas de roubos de cargas em Betim", arevela o delegado.

Apreensão

Com os suspeitos, detidos nos bairros PTB, Campos Elíseos, Homero Gil e Nova Baden, a Polícia Civil recuperou ainda duas armas de fogo, um colete balístico, um bloqueador de sinal e uma espada katana. 


O Tempo


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.