AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Primeiro navio de grãos da Ucrânia deixa o país após o início da guerra



Um navio transportando grãos deixou o porto ucraniano de Odesa nesta segunda-feira, 1º de agosto, sob um acordo de passagem segura com a Rússia e seguindo para mercados estrangeiros, disse um ministro da Ucrânia.

“O primeiro navio de grãos desde a agressão russa deixou o porto. Graças ao apoio de todos os nossos países parceiros e da ONU, conseguimos implementar totalmente o acordo assinado em Istambul”, disse o ministro da Infraestrutura, Oleksandr Kubrakov, no Twitter. Essa é a primeira partida do tipo desde que a invasão russa bloqueou o transporte através do Mar Negro, já há cinco meses.

Rússia e Ucrânia respondem por quase um terço das exportações globais de trigo. Mas as sanções ocidentais à Rússia e os combates ao longo da costa leste da Ucrânia impediram que os navios de grãos deixassem os portos com segurança.

A viagem foi possível depois que a Turquia e a Organização das Nações Unidas (ONU) intermediaram um acordo de exportação de grãos e fertilizantes entre a Rússia e a Ucrânia no mês passado. O acordo visa permitir a passagem segura para embarques de grãos dentro e fora de Chornomorsk, Odesa e do porto de Pivdennyi.

O ministro da Defesa turco disse anteriormente que o navio Razoni, com bandeira de Serra Leoa, carregado de milho, irá para o Líbano. Mais navios se seguirão, disse. Akar acrescentou que ancorará na costa de Istambul por volta das 12:00 GMT na terça-feira para uma inspeção conjunta.


Fonte: Jovem Pan


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.