top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

A Operação Cosud, que contou com a participação de oito estados na luta contra a criminalidade violenta, registrou um total de 444 prisões em flagrante apenas em Minas Gerais.

Fotos: Ascom/PMMG

O balanço completo foi divulgado nesta terça-feira, revelando que mais de 4 mil ações repressivas foram realizadas, mobilizando mais de 2.700 profissionais da área de segurança.

Essa parceria entre a Segurança Pública de Minas Gerais e os estados membros do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) evoluiu para uma ação operacional eficaz, transcendendo os limites das estratégias e cooperação inicialmente planejadas.

A primeira operação conjunta, ocorrida entre os dias 8 e 12 de maio, envolveu as forças policiais, secretarias e outras entidades parceiras dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. O Mato Grosso do Sul também participou como convidado.

Os resultados das atividades concentraram-se principalmente nas áreas fronteiriças de Minas Gerais com os demais estados participantes. O contingente policial ultrapassou os 2.700 agentes, com mais de 1.100 veículos em ação, além de 26 cães e dois drones.

Durante os cinco dias de operação, mais de 19 mil pessoas foram abordadas, resultando nas 444 prisões em flagrante. Foram realizadas mais de 4.800 ações repressivas, que culminaram em 3.700 boletins de ocorrência, 47 mandados de prisão cumpridos e 95 inquéritos instaurados. Além disso, foram apreendidas 47 munições, 13 armas de fogo, brancas e simulacros.

A Polícia Penal conduziu 876 fiscalizações em presos em saídas temporárias e monitorou eletronicamente 1.725 indivíduos. O sistema socioeducativo também realizou revistas em 23 instituições.

A operação não se limitou à repressão da criminalidade, abrangendo também a fiscalização integrada do trânsito. Durante as ações, foram localizados 15 veículos roubados ou furtados, com mais de 15 mil veículos fiscalizados no total. Desses, 226 foram retidos, e 110 condutores inabilitados foram identificados.

Fonte: SSP/MG/Ascom/PMMG


Comentarios


bottom of page