top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

'Acabou. Rendam-se agora', diz premiê de Israel a militantes do Hamas

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, pediu, no domingo (10), aos combatentes do Hamas que deponham as armas e destacou que têm ocorrido muitas rendições nos últimos dias, que prenunciam "o início do fim" do movimento islamista palestino.
"Deponham as armas e se entreguem a nossos heroicos soldados. Isso levará tempo. A guerra continua, mas é o começo do fim do Hamas", declarou Netanyahu, citado em um comunicado.
"Digo aos terroristas do Hamas: acabou, rendam-se agora", afirmou.
Segundo Netanyahu, "nos últimos dias, dezenas de terroristas do Hamas se renderam às nossas forças".
No entanto, o Exército não publicou provas disto e o Hamas repudia tais afirmações.
Há quase um mês, o ministro da Defesa de Israel, Yoav Galant, disse que o Hamas havia "perdido o controle" de Gaza.
O movimento islamista palestino desencadeou o conflito com o ataque brutal e sem precedentes de 7 de outubro contra Israel, no qual 1.200 pessoas morreram, segundo números israelenses, e 240 foram sequestradas e levadas para Gaza. Israel respondeu com uma ofensiva aérea e terrestre que já deixou 17.997 mortos em Gaza, em sua maioria mulheres e crianças, segundo o Ministério da Saúde do território, chefiado pelo Hamas.
Fonte: O Tempo
bottom of page