top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Acidente com sete veículos na rodovia Fernão Dias deixa duas pessoas feridas e causa congestionamento

A ocorrência deixou a via interditada por sete horas. Segundo a Arteris, o congestionamento se manteve até o início da manhã desta quarta (7).


Engavetamento entre 7 veículos deixa dois feridos na Fernão Dias, em Cambuí, MG — Foto: Reprodução / Redes sociais
Um engavetamento envolvendo sete veículos na Rodovia Fernão Dias, em Cambuí (MG), deixou duas pessoas feridas nesta terça-feira (6). O incidente resultou na interdição da via por sete horas, prolongando o congestionamento até o início da manhã de quarta-feira (7).

De acordo com a concessionária Arteris, o acidente ocorreu por volta das 16h, no quilômetro 905,5, sentido Belo Horizonte. O choque envolveu um caminhão, quatro carretas, um ônibus e um furgão. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma das vítimas não resistiu e veio a óbito no hospital.

Segundo o Corpo de Bombeiros, uma das carretas tombou na margem da rodovia, espalhando sua carga de sucata. Uma carreta bitrem, carregada com gasolina pura, não sofreu danos. Entretanto, a carreta-baú, carregada com temperos, apresentou vazamento de combustível.

A remoção da sucata foi realizada com o auxílio de uma retroescavadeira, permitindo a passagem da carreta com gasolina. Posteriormente, o guincho pesado da Arteris deslocou a terceira carreta, em uma operação realizada com cautela devido ao risco de incêndio e explosão.

Conforme a Arteris, duas pessoas ficaram feridas e foram socorridas até o pronto-socorro do Hospital Samuel Libânio, referência regional em Pouso Alegre (MG). Quando os bombeiros chegaram ao local, não encontraram mais vítimas.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o condutor de uma das carretas, de 58 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu horas após ser hospitalizado.

A pista foi completamente interditada às 16h10 e só foi liberada às 23h20. O congestionamento atingiu um pico de 28 km por volta das 22h, reduzindo para 4 km às 5h e normalizando por volta das 8h.

A Polícia Militar também atuou no local do acidente, enquanto uma empresa terceirizada foi responsável pela remoção dos metais espalhados na pista. Os detalhes sobre a dinâmica do acidente não foram divulgados.

Foto: Corpo de Bombeiros

bottom of page