top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Acusado pela morte de ex-vereador de Borda da Mata é condenado a 14 anos de prisão em MG

Segundo a defesa do réu, Jenivaldo Patrício do Nascimento vai poder recorrer em liberdade.

O homem acusado de matar o ex-candidato a prefeito e ex-vereador de Borda de Mata, Nilson Pereira Toledo, foi condenado a 14 anos de prisão. O julgamento aconteceu nesta segunda-feira (20) no Fórum de Pouso Alegre (MG). O réu irá recorrer em liberdade. O crime aconteceu em julho de 2017. Nilson Pereira de Toledo Filho, Nilsinho, foi baleado no Centro de Estiva (MG).
Jenivaldo Patrício do Nascimento foi condenado a 14 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado, sendo elas motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.
Segundo colocado na eleição para prefeito de Borda da Mata, ex-vereador é morto em Estiva, MG — Foto: Reprodução/Facebook/Nilsinho Toledo
Apesar de a promotoria ter pedido a prisão preventiva do acusado, a defesa protestou apontando que Jenivaldo ficou preso durante nove meses e depois esteve solto durante todo o processo. Ele compareceu em audiências e no julgamento, mostrando que não iria fugir.
O juiz então acolheu o pedido da defesa e não decretou a prisão preventiva. Com isso, o réu vai poder responder em liberdade.
Em 2022, Jenivaldo já havia sido julgado e absolvido por negativa de autoria. A promotoria recorreu e o resultado do julgamento foi anulado. Com a condenação desta segunda-feira, a defesa informou que irá recorrer novamente da decisão. Relembre o crime O ex-vereador e segundo colocado nas eleições de 2016 para prefeito de Borda de Mata, Nilson Pereira de Toledo Filho, Nilsinho, foi baleado na manhã do dia 9 de junho no Centro de Estiva. Segundo a Polícia Militar, o ex-vereador de 59 anos estava na cidade para compromissos pessoais quando foi surpreendido por um homem encapuzado. A vítima levou dois tiros na cabeça e morreu no local. Na época, a polícia acreditava que ele tinha sido vítima de execução, já que ele vinha recebendo ameaças e já havia registrado dois boletins de ocorrência.
Nilson Pereira de Toledo Filho tinha 59 anos e era divorciado. Ele deixou cinco filhos. Em Borda da Mata, foi vereador por três mandatos e chegou a ocupar a presidência da Câmara na legislatura 2008-2012. No ano passado, candidatou-se a prefeito e obteve 29,43% dos votos válidos, o que o deixou na segunda posição na disputa. Prisão do suspeito Alguns dias depois, a Polícia Civil prendeu Jenivaldo Patrício do Nascimento, principal suspeito da morte do ex-vereador e comerciante de 59 anos. O homem de 39 anos se apresentou com advogado depois que o mandado de prisão contra ele foi expedido.
Conforme o delegado, o homem negou participação no crime, mas há indícios que o colocam como principal suspeito do crime. A princípio, a motivação seria passional. O homem foi levado para o Presídio de Pouso Alegre (MG).

FONTE:G1
bottom of page