top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Alexandre de Moraes manda soltar 90 pessoas presas por causa dos ataques de 8 de janeiro


Criminosos sobem na estátua da Justiça, em frente ao edifício-sede do STF, em 8 de janeiro — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar na segunda-feira (7) 90 presos em função dos atos criminosos de 8 de janeiro. Essa decisão beneficiou 37 mulheres e 53 homens.

Moraes substituiu a prisão por medidas cautelares, como uso de tornozeleira eletrônica, proibição de usar redes sociais, cancelamento dos passaportes, suspensão do porte de armas e obrigação de comparecer semanalmente à Justiça.

Para o ministro, responsável pelo inquérito que apura os atos de 8 de janeiro, os acusados não representam mais riscos às investigações.

Os acusados são réus nos processos oriundos da investigação e respondem pelos crimes de associação criminosa, abolição do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado e crime contra o patrimônio público tombado.

fonte: O Tempo

Comments


bottom of page