top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

André Yuki representa presidente da FBHA no 22º Encontro da Hotelaria em Sete Lagoas




Na última sexta-feira (24/11), o presidente do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Varginha (SEHAV) e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) no Sul de Minas, André Yuki, representou o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, durante o 22º Encontro da Hotelaria, em Sete Lagoas.

Realizado no auditório do Monumento Natural Estadual Gruta Rei do Mato, o encontro contou com a presença do secretário de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi; do subsecretário de Turismo de Minas Gerais, Sérgio de Paula, representando o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira; do prefeito de Sete Lagoas, Duílio de Castro; do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais (ABIH-MG) e CEO da MHB Hotelaria, Pablo Ramos; da gerente do Monumento da Gruta Rei do Mato, Débora Gomes, entre outros.

De acordo com André Yuki, o encontro reuniu profissionais do setor para discutir e compartilhar informações sobre as tendências, desafios e oportunidades do mercado hoteleiro em Minas Gerais e no Brasil, promovendo discussões de melhorias e oportunidades de dialogar sobre turismo, gastronomia, hospitalidade e cultura com o poder público e parceiros. Além disso, promoveu networking entre autoridades, participantes, circuitos turísticos, sindicatos e associações.

“Tivemos acesso às palestras e workshops com especialistas renomados, que compartilham suas experiências e conhecimentos sobre assuntos relevantes para o setor hoteleiro. Isso contribui para o aprimoramento profissional dos participantes e a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos pelos hotéis em Minas Gerais.

O encontro pode ser uma oportunidade para debater e buscar soluções para os desafios enfrentados pelo setor, como a concorrência de plataformas de hospedagem online e mudanças no comportamento do consumidor, promovendo o crescimento e a melhoria contínua dos serviços oferecidos pelos hotéis no estado”, ressaltou André Yuki.

O secretário de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi, palestrou sobre “Turismo Responsável e Sustentável – Ameaças e Oportunidades. Para Milton, a história por traz das 22 edições do encontro é de extrema importância, pois mantém a mobilização, traz inovações, tendências e debates sobre como o mercado está se comportando no pós-pandemia, suas formas de comportamento e informações sobre a retomada da área de eventos.

“Os encontros revelam para a hotelaria todos esses novos espaços que se avizinham, além da troca de contato e carinho, que é muito importante no turismo, pois ele exige o lado humano. Devemos fomentar o turismo interno, ele é nossa grande vocação. Temos diversidade ambiental e cultural, com artesanatos, produtos e experiências ”, enfatizou Zuanazzi.

O subsecretário de Turismo de Minas Gerais, Sérgio de Paula, explica que o estado vem alcançando resultados expressivos no turismo em termos nacionais e internacionais, se consolidando cada vez mais como o segundo maior destino e o que mais cresce, acima de 100% nos últimos 12 meses de forma consecutiva, fruto de um trabalho em conjunto da secretária de Cultura e Turismo, governo estadual e de todo o trade turistico.

“O encontro mostra essa importância e a troca de experiências para que possamos continuar construindo essa história de sucesso, com resultados expressivos. É um momento ímpar para o turismo mineiro, porque temos uma confluência de boas pessoas à frente de boas instituições, com alinhamento para o setor continuar crescendo e gerando emprego e renda para nossos cidadãos”, destacou Sérgio.

O evento marcou os 156 anos de Sete Lagoas. Segundo o prefeito Duílio, sediar o evento foi mais uma oportunidade de apresentar a cidade para o Brasil e o mundo. “Eventos como esse alavancam a economia e fomentam o turismo. A melhor indústria para gerar emprego e renda é o turismo, por isso precisamos gerar investimentos maciços nesse segmento”, explicou.

Para o coordenador regional de Minas Gerais da FBHA, Marcos Valério Rocha, foi colocada mais uma estrela no mapa de Minas Gerais, sendo Sete Lagoas a 15ª cidade a sediar o Encontro da Hotelaria. “Os mais de 150 participantes presentes tiveram a oportunidade de assistir palestras e painéis de altíssimo nível, ministrados por renomados profissionais do setor. Outro ponto alto do evento foi a Mostra de Produtos e Serviços, com a presença de representantes de diversos segmentos. E a Chef Val Coimbra, abrilhantou ainda mais o evento preparando um delicioso almoço”, afirmou.

Marcos Valério ressalta que a proposta da FBHA é fazer um trabalho de excelência, realizando o Encontro da Hotelaria com a máxima qualidade e rigor.
“Essa proposta de qualidade não seria possível sem a valiosa colaboração de todos parceiros que contribuíram para a realização da 22ª edição. Nosso sincero agradecimento e nós encontraremos em 2024”, agradeceu.

Por fim, André Yuki agradeceu a receptividade do prefeito Duílio e da presidente da IGR Grutas, Mariela França e parabenizou o amigo Marcos Valério e o presidente da FBHA, Alexandre Sampaio pelo evento. “Na oportunidade, convido a todos para o próximo evento da federação, o 2º Encontro do Sindicalismo e Associativismo Moderno, que acontecerá no dia 04 de abril de 2024, em Varginha” concluiu.

Visita à Gruta Rei do Mato
O presidente do SEHAV, André Yuki; sua diretora executiva, Ana Luísa Alves e o diretor do Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Pouso Alegre (Sindipa), Rolando Brandão, visitaram a Gruta Rei do Mato, que possui 998 metros de extensão, dos quais 220 metros estão abertos à visitação.

Considera uma das mais belas grutas do país e uma das 50 maiores cavernas de Minas Gerais pela Sociedade Brasileira de Espeleologia, a Gruta Rei do Mato possui lindas estalagmites e estalactites. As Colunas Gêmeas são imponentes, majestosas e únicas no mundo inteiro, de calcita, cilíndricas e harmônicas, com altura estimada de 13 metros e diâmetro de até 30 centímetros. Na Grutinha, que fica ao lado da Rei do Mato, existem pinturas rupestres, feitas com sangue e gordura vegetal, que datam seis mil anos.

De acordo com a presidente da IGR Circuito Turístico das Grutas, Mariela França, foi uma honra receber o encontro em Sete Lagoas, que é uma das cidades âncoras entre as 15 que compõem o circuito, de forma mais precisa no Monumento Natural Estadual Gruta Rei do Mato, um espaço confortável, adaptado para eventos de grande porte e repleto de belezas naturais.

“Entendemos que associar tudo isso em um território tão amplo como nosso circuito é extremamente positivo, ainda mais falando sobre hotelaria, promoção e constituição de equipamentos hoteleiros no território dentro de uma visão de um mercado que quer oferecer tecnologia, conforto e possibilidades a mais para que conseguimos a permanência do visitante e turista na região. A mão de obra precisa ser capacitada e qualificada, e os empresários precisam entender a importância da cadeia produtiva de uma forma mais específica, para fomentarmos e consolidarmos o circuito como um destino turístico”, explicou Mariela.

Fonte: Ana Luísa Alves / Assessora de Imprensa do SEHAV e Abrasel no Sul de Minas.
bottom of page