top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Apple demite mais de 600 funcionários ao cancelar projeto de carro elétrico

Divulgado

A Apple, uma das principais empresas de tecnologia, optou por encerrar o seu projeto de desenvolvimento de carro elétrico, um projeto que gerava especulações há mais de oito anos. Isso resultou na demissão de mais de 600 funcionários, marcando o primeiro grande corte de empregos desde o início da pandemia de covid-19. A decisão de dispensar em massa veio após a empresa decidir cancelar o desenvolvimento de um modelo de veículo elétrico.

Na mesma semana, a empresa indicou sua busca por projetos que contribuam para o aumento das receitas, enquanto atualmente seus principais ganhos são provenientes das vendas de iPhones e serviços digitais.

De acordo com registros oficiais do Estado da Califórnia, a empresa emitiu avisos de demissão para 614 funcionários em 28 de março. Os cortes estão afetando oito escritórios localizados em Santa Clara, no coração do Vale do Silício.

Essas demissões acontecem pouco mais de um mês após relatos de que a Apple havia abandonado um projeto que se estendia por uma década para produzir um carro elétrico autônomo.

Na época, o jornal americano The Wall Street Journal afirmou que a Apple planejava dissolver a equipe dedicada aos veículos elétricos, direcionando seus esforços para investimentos em inteligência artificial (IA) generativa. Alguns funcionários, conforme relatos, seriam realocados para essa área.

Fonte: Revista Oeste


Comments


bottom of page