top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Arábia Saudita anuncia projeto de estádio futurista para Copa 2034; VEJA

Arena ficará em cidade ainda a ser construída, no topo de penhasco de 200 metros. Local será todo climatizado, com teto retrátil e coberto por painéis de LED


A Arábia Saudita anunciou um projeto futurista para a Copa do Mundo de 2034. O estádio Príncipe Mohammed bin Salman ficará no topo de um penhasco de 200 metros de altura, nos arredores de Riad, capital do país. A proposta é ambiciosa: uma arena coberta por painéis de LED, que promete revolucionar a indústria do entretenimento (assista abaixo).


O estádio terá capacidade para 45 mil lugares, mas será multiuso. O projeto prevê teto e campo retráteis, com centenas de telas em LED nas paredes para criar uma experiência imersiva aos fãs. Valores não foram divulgados, mas os sauditas planejam 1,8 milhão de visitantes por ano no estádio e outras 6 milhões de visitas indiretas com atividades disponibilizadas no local.

A empresa de arquitetura responsável pelo projeto do novo estádio saudita é a Populous, que trabalhou em estádios olímpicos na Austrália e na Rússia e projetou o novo estádio do Tottenham, que foi construído especificamente para jogos da NFL e também de futebol.

A arena ficará na cidade de Qiddiya, mais um local em construção e que faz parte do Saudi Vision 2030 (SV 2030), projeto da Arábia Saudita para diversificar sua economia. O nome do estádio levará o nome do príncipe herdeiro, primeiro-ministro e idealizador do SV 2030: o príncipe Mohammed bin Salman.

Estádio Príncipe Mohammed bin Salman, na cidade de Qiddiya, que ainda está em construção, deve abrigar jogos da Copa do Mundo 2034 — Foto: Divulgação/Qiddiya
O estádio é uma peça central do projeto de Qiddiya, que visa criar um centro de entretenimento, jogos e esportes a 45 km do centro de Riad. A Qiddiya Investment Company (QIC), empresa criada pelo governo saudita para a construção da cidade, tem um orçamento de cerca de US$ 700 bilhões (R$ 3,4 trilhões). O projeto do estádio prevê a construção de um lago abaixo dele.

– O local futurista pretende reinventar o conceito tradicional de estádio. O lago utilizará a captação de água da chuva do estádio e arredores para pré-resfriar o sistema de ar-condicionado – diz a QIC, em comunicado.


Todo o dinheiro é proveniente do PIF (Fundo de Investimento Público), mesmo fundo sócio-majoritário do Newcastle, da Premier League, e dos quatro grandes clubes da Arábia Sautia: Al-Nassr, Al-Hilal, Al-Ittihad e Al-Ahli.

O QIC disse que o novo estádio pode ser nova casa do Al-Nassr e do Al-Hilal. A Arábia Saudita é a única candidata a sediar a Copa do Mundo em 2034, e a Fifa deve confirmar sua escolha no final deste ano. A candidatura prevê 14 estádios para a competição com 48 seleções, e o país reiterou sua intenção de sediar todas as partidas em seu território.

FONTE:GE

コメント


bottom of page