top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Ataque a tiros em Praga deixa 15 mortos e mais de 20 feridos; assassino foi 'eliminado', diz polícia

Entre os 15 está o atirador, segundo a polícia, e há dezenas de feridos. Vídeos nas redes sociais mostram pessoas correndo na universidade.


Um ataque a tiros no centro de Praga, na República Tcheca, nesta quinta-feira (21) deixou 15 mortos, além do assassino, que foi "eliminado", de acordo com a polícia. Mais de 20 pessoas ficaram feridas, nove delas em estado grave.

"O atirador foi eliminado. Todo o edifício está sendo evacuado e há vários mortos e dezenas de feridos no local", informou a polícia na rede social X (ex-Twitter).

Até agora não se sabe se o atirador cometeu suicídio ou foi morto por uma bala policial, afirmaram as autoridades que investigam o caso.

O caso aconteceu na Faculdade de Artes da Universidade de Charles, que fica em frente à Jan Palache Square, na cidade velha de Praga. O assassino estava com um fuzil em cima de um prédio, disseram testemunhas.

Os funcionários da biblioteca da instituição reuniram cerca de 50 alunos em uma sala sem janelas e ficaram esperando pela ação policial, contou um dos alunos à CzechTelevision.

Segundo a agência Reuters, a polícia disse que o pai do atirador também foi encontrado morto.

O ministro do Interior, Vit Rakusan, disse à imprensa que "não há indicação de que este crime tenha qualquer relação com o terrorismo internacional".

O serviço de resgate de Praga e hospitais da região confirmaram que há estrangeiros entre as vítimas.

O prefeito da cidade, Bohuslav Svoboda, utilizou as redes sociais para prestar condolências às famílias das vítimas.

"Assistimos a uma tragédia de proporções sem precedentes. É terrível quantas vidas inocentes foram perdidas. Minhas mais profundas condolências a todos os enlutados. Não devemos ceder ao mal", disse ele.

Os crimes com armas de fogo são relativamente raros na República Tcheca. Em dezembro de 2019, um homem armado matou seis pessoas na sala de espera de um hospital na cidade de Ostrava, no leste do país, antes de fugir e cometer suicídio.

Polícia isola área perto da Universidades de Charles, em Praga, em 21 de dezembro de 2023. Tiroteio no local deixou mortos e feridos. — Foto: Michal CIZEK / AFP


FONTE:G1


bottom of page