top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Atlético cala o Maracanã, goleia o Flamengo e fica ainda mais próximo do líder


Reprodução

O sonho pelo título permanece ainda mais próximo no Atlético. Na quarta-feira (29), o Galo venceu o Flamengo por 3 a 0 no Maracanã, com gols de Paulinho, Edenilson e Rubens, e está na segunda colocação do Campeonato Brasileiro.
A vitória atleticana foi construída desde os minutos iniciais. O técnico Felipão optou por manter a mesma escalação que venceu o Grêmio na 35ª rodada do Brasileirão, e conquistou, mais uma vez, três pontos na tabela de classificação.
As últimas rodadas serão decisivas para que o Atlético consiga o quarto título no Brasileirão. No sábado (1), o Galo recebe o São Paulo, às 21h, no estádio Mineirão, e no dia 6 de dezembro, às 21h30, em Salvador, enfrenta o Bahia, pela 38ª partida da competição.

O silêncio
no Maracanã
Artilheiro do Brasileirão, Paulinho foi o autor de mais um gol do Atlético na competição, e ainda pediu silêncio em pleno Maracanã. Carioca da gema, o atacante marcou o primeiro gol do Galo na noite aos 7 minutos do 1º tempo, após Hulk tocar de primeira para o camisa 10 invadir a área e chutar sem dar chances ao goleiro flamenguista.
O Flamengo tentou se aproximar do setor ofensivo, mas a defesa do Atlético mostrou, mais uma vez, a razão de ser a melhor do Campeonato Brasileiro. Everson foi acionado em mais três oportunidades na primeira metade da partida, mas não foi vazado.

Contra-ataque mortal
Criticado por muitos torcedores, Edenilson mostrou o motivo de Felipão ter investido no meio-campista em mais uma partida como titular. Logo no primeiro minuto da 2ª etapa, o jogador recebeu um passe de Paulinho, que avançou sozinho mais da metade do campo para cravar o segundo gol atleticano no duelo no Maracanã.

Promessa da base
A festa do Galo continuou. Aos 38 minutos do segundo tempo, Edenilson deu o passe para Pavón, que puxou a corrida pela ponta direita, fez o cruzamento e encontrou o jovem Rubens na pequena área livre para marcar o terceiro gol atleticano e ampliar a goleada atleticana no Maracanã.

Ficha do jogo
Flamengo: Rossi; Matheuzinho (Wesley), Léo Pereira, Fabrício Bruno e Ayrton Lucas; Thiago Maia (Everton Ribeiro (Luiz Araújo)), Gerson e Arrascaeta; Bruno Henrique, Everton Cebolinha (Gabriel Barbosa) e Pedro. Técnico Tite
Atlético: Everson; Saravia (Mariano), Maurício Lemos (Igor Rabello), Jemerson e Guilherme Arana; Otávio, Edenilson, Zaracho (Alan Franco) e Igor Gomes (Rubens); Paulinho (Pavón) e Hulk. Técnico Felipão
Cartões amarelos: Zaracho e Jemerson (Atlético); Fabrício Bruno, Gerson e Léo Pereira (Flamengo)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa) - SC
Assistente 1: Bruno Boschilia (Fifa) - PR
Assistente 2: Bruno Raphael Pires (Fifa) - GO
VAR: Wagner Reway (VAR-Fifa) - PB
Fonte: O Tempo
bottom of page