top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Atriz brasileira é agredida e assediada em Portugal e fica com boca inchada


Reprodução

A atriz brasileira Adriane Garcia, 40, relatou que foi agredida e alvo de assedio sexual ao sair da academia em que malha, em Portugal, na última segunda-feira (13). Por meio de seu perfil no Instagram, Garcia, que mora no Campo de Ourique, área nobre de Lisboa, explicou que saia da musculação e se dirigia para o carro estacionado próximo à academia quando foi abordada por um homem por trás, que a agarrou de forma inapropriada.
"Fui agarrada por trás por um homem e depois ele pôs a mão na minha boca. Eu já estava com o celular na mão e tentando chegar perto do carro. Ele ficou tentando passar a mão em mim. Dei uma cotovelada nele e consegui sair. Mas ele veio e me deu um soco na boca", explicou.
Garcia ressaltou que estava com a chave do carro nas mãos e conseguiu acionar o veículo para abrir as portas, que piscou a luz das lanternas e chamou a atenção de outro motorista que estava próximo. Ela gritou por socorro e o homem foi ajudá-la.
Em entrevista à emissora TVI, de Portugal, Adriane Garcia destacou que tudo aconteceu de forma "muito rápida" e que chegou a pensar se tratar de uma "brincadeira" feita por algum colega de academia, mas percebeu que estava sendo agredida e assediada quando o homem tentou lhe "apalpar de maneira agressiva, violenta".
A atriz também contou que após o ocorrido foi para sua residência se sentindo "suja, usada, invadida e assustada". Ainda, disse que decidiu expor o ocorrido nas redes sociais para alertar outras mulheres.
Adriane Garcia é natural do Rio de Janeiro, mas mora há 18 anos em Portugal. Ela afirmou que, durante sua estadia no país europeu, esta foi a primeira vez que passou por isso. "Meninas, cuidado quando andarem nas ruas à noite. Lisboa, infelizmente, não é o que era", completou.
Fonte: O Tempo

Kommentare


bottom of page