top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Barbeiro que matou jovem a facadas por não aceitar o término é levado para presídio em MG

Suspeito de 21 anos sofreu tentativa de linchamento após o crime. Uma viatura da PM teve o vidro traseiro quebrado na tentativa de acertá-lo. Caso aconteceu em Poços de Caldas (MG).


O barbeiro suspeito de matar uma jovem de 22 anos a facadas por não aceitar o fim do relacionamento deu entrada no presídio de Poços de Caldas (MG) na tarde deste sábado (20). A informação foi confirmada ao g1 pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Luana Evelyn de Carvalho, de 22 anos, foi esfaqueada na sexta-feira (19) após uma discussão com o ex-companheiro Felipe Augusto Botelhos, de 21.

Segundo a Polícia Militar, após o crime, ele sofreu uma tentativa de linchamento e foi levado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) antes de ser encaminhado à delegacia da Polícia Civil.

Luana Evelyn de Carvalho, de 22 anos, foi morta pelo ex-companheiro em Poços de Caldas, MG — Foto: Reprodução / Redes sociais
De acordo com a polícia, o casal mantinha um relacionamento, mas teriam terminado há cerca de três dias. Inconformado com o término e um possível novo relacionamento da mulher, ele foi até o apartamento dela para tirar satisfações.

"Isso causou muita emoção que veio ele a vir buscar conversar com a vítima. Só que ele já veio com a intenção de causar esse mal, tentou falar com ela, conseguiu encontrar e veio desferir facadas na vítima", disse o aspirante da Polícia Militar, Miguel Luís.

A mãe da jovem informou à PM que a faca usada no crime foi levada por Felipe e não pertencia à família. A arma foi encontrada em cima da pia da residência.

Conforme a PM, a faca, um boné, o celular, óculos escuros e um par de chinelos do suspeito foram apreendidos. O celular da vítima também foi recolhido.

Alguns moradores seguraram o suspeito até a chegada da polícia e tentaram linchá-lo. Em um momento de revolta, uma viatura da Polícia Militar foi atingida pelo irmão da vítima e teve o vidro traseiro quebrado. O familiar foi preso por conta do dano.

Mulher de 22 anos é morta a facadas em Poços de Caldas, MG — Foto: Marcos Corrêa
Feminicídio

O crime aconteceu no bairro Jardim Esperança III, zona Sul de Poços de Caldas. Durante a briga, a mãe da vítima teria pedido para ela entrar e o ex-companheiro acabou invadindo o imóvel em seguida.

A mulher tentou se esconder no quarto, mas foi esfaqueada e não resistiu aos ferimentos. O Samu foi acionado e constatou a morte. Segundo a perícia, a vítima levou três facadas no tórax.

Mulher de 22 anos é morta a facadas em Poços de Caldas, MG — Foto: Marcos Corrêa
O homem confessou o crime e foi preso em flagrante. O carro dele foi apreendido.

A perícia oficial esteve no local para coletar elementos e cumpriu as tarefas de praxe. A Polícia Civil informou que as investigações sobre o caso continuam até elucidar o crime.

Desabafo na internet

Meia hora antes de ser morta a facadas, Luana Evelyn compartilhou em uma rede social uma publicação em que afirmava ser melhor viver solteira.

A publicação foi feita pela jovem às 12h07, cerca de 35 minutos antes do crime. A Polícia Militar foi acionada para a ocorrência às 12h42.

"Solteira nós 'vive' melhor, isso nunca mudou", diz a publicação compartilhada.

Luana Evelyn de Carvalho, de 22 anos, foi morta pelo ex-companheiro em Poços de Caldas, MG — Foto: Reprodução / Redes sociais


FONTE:G1

bottom of page