top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Bolsonaro critica Tarcísio por ações em São Paulo: 'Dá suas escorregadas'


Reprodução

O ex-presidente Jair Bolsonaro falou que o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, "dá suas escorregadas" nas ações na capital. Ele deu entrevista à "Rádio Gaúcha". O ex-presidente foi questionado sobre o futuro da direita brasileira e da possibilidade de Tarcísio de Freitas concorrer à Presidência.
"Não tá tudo certo [com Tarcísio]. Eu não mando no Tarcísio. Ele é um baita de um gestor, politicamente dá suas escorregadas. Eu jamais faria certas coisas que ele faz com a esquerda, mas um governador depende do governo federal. Eu me sinto responsável por ele", disse Bolsonaro.
Sobre um possível plano B para 2026, Bolsonaro evitou afirmações e diz ainda haver a possibilidade de ele mesmo concorrer. "A gente não quer falar sobre isso agora, porque estou sendo injustiçado", disse ele. Bolsonaro foi declarado inelegível por 8 anos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação.
Havia também especulações de que a ex-primeira dama Michelle Bolsonaro pudesse concorrer à Presidência. Bolsonaro esclareceu que ela é cotada ao Senado pelo PL: "ela está se comportando bastante bem na questão política e estamos trabalhando nesse sentido".
O ex-presidente também criticou o TSE, e chamou o julgamento que o tornou inelegível de "ilegítimo". "Foi um julgamento absurdo! Não tinha corrupção no meu governo! Pelo amor de Deus! Tá na cara que o julgamento do TSE é ilegítimo! Foi um crime que fizeram contra mim! [...] Desde o início, o TSE trabalhou contra mim".
Fonte: O Tempo

Kommentare


bottom of page