top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Brasil Comemora 16 Anos da Lei Seca com Redução de 22% nos Acidentes Fatais

O Brasil celebra nesta quarta-feira (19) os 16 anos da Lei Seca, marcada por uma redução significativa de 22% no número de acidentes de trânsito fatais causados por embriaguez ao volante. Em 2010, foram registrados 13.911 óbitos, enquanto em 2022, esse número caiu para 10.746, com homens sendo as principais vítimas. As informações são do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa).
A Lei Seca, instituída em 2008, visa estabelecer uma taxa zero de alcoolemia no trânsito e impor penalidades severas para motoristas que dirigem alcoolizados. As infrações acarretam multa de R$ 2.934,70 e suspensão da carteira de habilitação por 12 meses. Níveis de álcool acima de 0,34 mg/l no bafômetro são caracterizados como crime de trânsito.
Rose Antonelli, que perdeu o marido Edson Antonelli em 2017, após ele ser atropelado por uma jovem de 20 anos que dirigia embriagada, critica a sensação de impunidade. Ela relata que a condutora foi liberada após um dia na prisão, pagando fiança de R$ 5 mil.
Dados da Cisa revelam que, em 2022, dos 10.746 óbitos causados por embriaguez ao volante, 9.457 eram homens e 1.290 mulheres. Em 2021, a maioria das vítimas era de homens entre 18 e 34 anos. Em 2022, a faixa etária mudou para 35 a 54 anos, um fenômeno atribuído ao aumento do uso de aplicativos de transporte por jovens. fonte:R7

Comments


bottom of page