top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Câmara dos Deputados Aprova Novas Mudanças na Reforma do Ensino Médio


A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (9) novas mudanças na reforma do ensino médio, que agora seguem para sanção presidencial. O substitutivo do deputado Mendonça Filho (União-PE) mantém o aumento da carga horária da formação geral básica de 1,8 mil para 2,4 mil horas nos três anos do ensino médio, para alunos que não optarem pelo ensino técnico. A carga horária total permanece em 3 mil horas nos três anos.
Para completar a carga horária total, os alunos devem escolher uma área de aprofundamento de estudos para as 600 horas restantes, entre linguagens e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, ou ciências humanas e sociais aplicadas.
Alterações feitas no Senado foram derrubadas pelos deputados, incluindo a obrigatoriedade de 70% da grade curricular como disciplina básica e 30% para os itinerários formativos. Mendonça Filho excluiu esse ponto, permitindo que os itinerários formativos possam abranger mais de 30% da grade.
Mendonça também se posicionou contra a inclusão do espanhol como idioma obrigatório, devido aos custos contínuos que isso geraria para os estados. Ele sugeriu que a adoção do espanhol seja decidida pela rede estadual. Já o deputado Felipe Carreras (PSB-PE) apresentou um recurso para retomar a obrigatoriedade do espanhol, argumentando que não se trata de impor a língua, mas oferecer uma opção além do inglês, já que 70% dos estudantes que fazem o Enem escolhem o espanhol. Fonte: AgenciaBrasil

Comments


bottom of page