top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Canil municipal de Pouso Alegre, onde pit bull Aquiles foi morto vai receber reformas e ampliação

Após morte de Pit Bull Aquiles, que viralizou no início do mês, ficou evidente a necessidade de mudanças estruturais na unidade do Centro de Bem-Estar Animal


FOTO: Centro do Bem Estar Animal de Pouso Alegre
Com licitação assinada pela prefeitura, começará em breve a reforma e ampliação do Centro de Bem-Estar Animal de Pouso Alegre (MG). No início desse mês, um pit bull, chamado Aquiles, foi sacrificado no local, que atualmente está superlotado em quase o dobro de sua capacidade de abrigar com qualidade os animais.

A Prefeitura de Pouso Alegre receberá para esse fim, uma significativa ampliação e reforma, com um investimento total de R$ 1.026.439,26.

A necessidade de mudanças estruturais foi apontada pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária, que visitou o local no dia 9 de janeiro e apontou "estrutura deficiente e falta de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART).

A Abertura da licitação foi realizada no dia 18/01 às 9h e a empresa contratada para o serviço foi escolhida. A ordem de serviço deve ser publicada ainda nesta semana.

Conforme a gestão municipal, as melhorias incluem a criação de 36 baias, reformas na sala de cirurgia para atender normas sanitárias e a construção de um gatil separado.

Superlotação


O canil municipal possui uma área de 2 mil metros quadrados e tem a capacidade de receber 75 animais, mas, atualmente, abriga 113 cães e 12 gatos. A situação preocupa ONGs e instituições de proteção animal.

“Já aconteceu, muitas vezes, da gente resgatar um animal e não ter condições de assumir o tratamento do animal. Ai, a gente manda lá para tratar e pega de volta quando o animal já foi tratado. O que acontece é que esses animais voltam pra gente muito magros e desesperados por comida, com fome. A forma que está lá, com os animais todos juntos, acaba que eles ficam com falta de comida mesmo, porque o que é mais esperto acaba comendo mais que o outro e uns ficam para trás”, pontuou a protetora animal Caroline Bazoli.

Criação de duas Superintendências

Além da ampliação e reformulação prevista, o poder executivo da cidade propôs a criação de duas importantes Superintendências, sendo elas, Superintendência Municipal de Proteção e Cuidado Animal e a Superintendência de Defesa Civil e Social.

“Diante dos recentes acontecimentos, reconheci a urgência de criar uma Superintendência dedicada ao cuidado e proteção de nossos leais companheiros de quatro patas, diferenciando as responsabilidades da Defesa Civil. A proposta de criação da Superintendência Municipal de Proteção e Cuidado Animal é uma iniciativa do poder executivo que será submetida à Câmara Municipal para aprovação” enfatiza o Prefeito Cel Dimas.

Caso Aquiles

FOTO: Redes Sociais

Aquiles, o pit bull que acabou sacrificado, estava perdido nas ruas do Centro da cidade quando foi recolhido pelo Corpo de Bombeiros. Seguindo protocolo da prefeitura, o animal foi levado ao canil municipal.

De acordo com o boletim de ocorrência, a direção do canil optou por eutanasiar Aquiles porque, segundo o documento, o animal era perigoso e o Centro de Bem Estar Animal não possuía espaço suficiente para recebê-lo. O Ministério Público foi acionado para apurar o caso.


Informações Prefeitura de Pouso Alegre

Comments


bottom of page