top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Ciclone em alto-mar deve causar temporais também no Sudeste nesta semana


Reprodução

A formação de um novo ciclone extratropical em alto-mar, próximo ao litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina nesta terça-feira, 24, vai trazer mais chuva e vento forte para a região Sul do País nos próximos dias. No entanto, desta vez, segundo a Climatempo, o sistema não atuará diretamente nos três Estados da região.
No mês passado, a passagem de um ciclone extratropical deixou um rastro de destruição, com 50 mortes. A MetSul acrescenta que o grande impacto deste novo fenômeno climático será gerado pela frente fria associada que vai levar temporais, alguns fortes a intensos com vendavais e danos, também ao Centro-Oeste e ao Sudeste do Brasil.
"O risco de tempestades severas isoladas será especialmente alto no Centro-Oeste, onde a atmosfera está por demais aquecida com uma sequência de mais de uma semana de dias com máximas em elevação. Cuiabá completa oito dias seguidos com máximas na casa dos 40 ºC", alerta a MetSul.
A instabilidade em razão da frente será maior no meio da semana no Centro-Oeste e no Sudeste, mas entre sexta-feira, 27, e sábado, 28, espera-se uma nova rodada de chuva forte com temporais isolados por conta de uma outra área de baixa pressão que vai atuar sobre o Paraguai, de acordo com a empresa de meteorologia.
Nesta segunda-feira, 23, as áreas de instabilidades associadas a circulação de ventos e a atuação de uma baixa pressão tendem a manter nuvens de temporais sobre o Rio Grande do Sul. Há previsão de chuva sobre o sudoeste e sul do Paraná e no interior de Santa Catarina .
Na terça-feira, o litoral do Rio Grande do Sul fica em alerta para chuva e rajadas de vento forte, assim como áreas do leste e litoral de Santa Catarina, conforme complementa a Climatempo. No Paraná, a chuva aumenta devido a circulação de ventos e a entrada de mais umidade que vai favorecer a ocorrência de pancadas fortes com raios e ventos.
Ainda para terça-feira, há previsão de rajadas de vento moderadas a fortes em grande parte da região Sul, variando, em média, entre 40 e 60 km/h independente da chuva. "Pontualmente as rajadas podem atingir valores entre 50 e 70 km/h, principalmente no litoral e nos trechos de serra entre Santa Catarina e o Estado gaúcho", afirma a Climatempo.
Na quarta-feira, 25, há risco de vento forte no leste do Rio Grande do Sul, no sul e no litoral de Santa Catarina, com rajadas de vento entre 50 a 70 km. "Pontualmente, os valores podem chegar até os 80 km/h no sul catarinense e pontos altos da serra", projeta a Climatempo.
No mesmo dia, o ciclone começa a se afastar enquanto se aprofunda rapidamente. Conforme a MetSul, o centro do sistema estará entre 500 km e 700 km a sudeste do Chuí (RS), assim longe da costa.
"Na quinta-feira, 26, o ciclone se afasta ainda mais e estará posicionado a cerca de mil quilômetros ou mais a sudeste do Chuí, ou seja, distante do continente. O sistema ainda impactará o tempo com uma frente fria que vai se estender até a costa do Sudeste do Brasil, mas no Sul já estará de volta o ar tropical úmido com instabilidade", reforça a empresa de meteorologia.

Previsão para
São Paulo
Nesta segunda-feira, o dia começou com muitas nuvens e formação de névoa úmida na capital paulista. O sol já predominou ainda pela manhã. "No fim do dia, a entrada da brisa marítima favorece o aumento da nebulosidade, no entanto, não há previsão de chuva", destaca o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) da Prefeitura de São Paulo.
De acordo com a Meteoblue, a expectativa é que a chuva retorne a partir de quarta-feira (25) para a cidade de São Paulo, já as temperaturas devem cair bastante a partir de quinta-feira, 26, embora no sábado já voltem a subir.
Veja como fica a temperatura para os próximos dias:

- Terça-feira: entre 19 ºC e 33 ºC;
- Quarta-feira: entre 18 ºC e 26 ºC;
- Quinta-feira: entre 17 ºC e 21 ºC;
- Sexta-feira: entre 17 ºC e 24 ºC;
- Sábado: entre 20 ºC e 29 ºC;
- Domingo: entre 22 ºC e 29 ºC.
Fonte: O Tempo

Comments


bottom of page