top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Coluna Fatos e Versões com Rodrigo Silva Fernandes - 03/07/2024




VTC: Prefeitura assume imóvel
Na última semana a Prefeitura de Varginha assumiu o imóvel do antigo VTC, Varginha Tênis Clube, no centro da cidade. O imóvel pertencente ao Governo de Minas foi repassado à Prefeitura de Varginha pelo período mínimo de 20 anos. O espaço estava ocupado pelo VTC que perdeu na Justiça a posse do local. Muitos imaginavam que a direção do clube fosse lutar na Justiça para manter-se no local, mas isso não aconteceu. A direção do clube “facilitou as coisas e entregou o espaço sem brigar, mesmo porque, é bem provável que o clube possa ter que amargar ações na Justiça de sócios do clube ou mesmo do Governo de Minas”. Ao entrar no imóvel a equipe técnica da Prefeitura de Varginha deparou-se com um espaço depredado, sem manutenção e com riscos sanitários para o local e toda a adjacência do imóvel. O município se manifestou, por meio da Procuradoria Municipal, informando que vai promover a limpeza e recuperação do local, enquanto que outras áreas do Governo vão planejar a destinação do imóvel. A princípio a Secretaria Municipal de Esportes deve ir para o local, mas existem outros departamentos e secretarias que podem utilizar o espaço. Vale ressaltar a “articulação política assertiva do Governo Verdi ao conseguir a posse do espaço e ainda conseguir a desocupação do imóvel sem resistência do VTC, o que era esperado, mas não ocorreu”. Verdi Melo teve a coragem de resolver um problema crônico que era o VTC, um espaço público que não tinha utilidade para comunidade e nem era mais público. Agora com a ocupação da Prefeitura de Varginha, o Governo de Minas repassa a manutenção do local para o município, que ganhou um grande espaço no centro da cidade para utilização. Até a presente data, não se tem notícia de ações na Justiça do VTC contra a Prefeitura de Varginha ou o Governo de Minas; ou mesmo, ações de sócios do VTC contra a direção do clube por conta do triste fim do tradicional clube esportivo. Sem falar nos contratos de aluguel que o clube mantinha com locatários de espaço no VTC e divulgações publicitárias nos muros do clube. Embora saiba-se pouco sobre os casos, nenhuma ação formal foi registrada até o momento contra a ocupação do Município e fim das atividades do VTC no centro da cidade. Não se tem notícia se o VTC vai continuar existindo ou onde passaria a funcionar. Em tese, os bens móveis do local “cadeiras quebradas, espreguiçadeiras velhas e outros utensílios seriam de propriedade do VTC, mas não sabemos qual destino terão”. Não seria estranho se com o passar do tempo, até mesmo o gabinete do futuro prefeito de Varginha fosse instalado no valorizado local.
 
OAB/MG: Varginha será protagonista na disputa
Tudo caminha para que o presidente estadual da Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais – Gustavo Chalfun seja candidato a presidente da OAB/MG com apoio de grandes nomes da advocacia estadual, inclusive o atual presidente Sérgio Leonardo, que pode ser candidato à OAB Federal. Gustavo Chalfun é de Lavras, mas veio cedo para Varginha onde formou-se pela Faculdade de Direito de Varginha e foi primeiro presidente da OAB/Jovem local e também da OAB em Varginha. Chalfun começou sua carreira jurídica na cidade e hoje lidera um dos maiores escritórios de advocacia de Minas. Varginha é um dos principais colégios eleitorais da OAB Minas. Já na subseção local da entidade ainda existem incertezas quanto a eleição deste ano. O ex-presidente da OAB Varginha, advogado Alexandre Prado, deixou o cargo para disputar as eleições municipais em 2024, deve ser candidato a vereador. Sua vice, que assumiu a OAB Varginha, não se manifestou se vai disputar o comando da instituição na cidade. Há rumores que haverão candidatos para a disputa da OAB Varginha, que nunca elegeu uma mulher para seu comando. Entre os advogados ligados a Alexandre Prado e mesmo a Gustavo Chalfun, existe a defesa de que o candidato oficial do grupo (ou candidata), precisa ser “verdadeiramente um advogado militante, com carreira e história na advocacia”. Não sabemos quais serão os nomes escolhidos para o comando da OAB em âmbito federal, estadual e municipal, mas certamente Varginha e suas lideranças jurídicas estarão no centro desta disputa. E não será surpresa se nas eleições municipais de 2024, também vermos advogados e advogadas eleitos no Executivo e Legislativo municipal, a conferir!
 
UTI Pediátrica Regional
Foi inaugurada a nova Unidade de Terapia Intensiva – UTI do Hospital Regional do Sul de Minas. A obra contou com apoio federal, estadual e municipal, por meio de recursos e articulação política de nomes como o senador Carlos Viana, deputado federal Diego Andrade, deputado estadual Cleiton Oliveira, além de integrantes da Câmara de Varginha e do governo municipal. Na cerimônia de entrega da obra os muitos políticos que ajudaram aqui ou acolá se espremeram para “aparecer na foto, ou na placa” a fim de garantir a “transformação do apoio em votos”. A nova UTI pediátrica do Regional vai ajudar muito no tratamento de crianças prematuras e outros casos graves envolvendo crianças de todo Sul de Minas, visto que o Regional atende centenas de cidades. A estrutura inaugurada pode simbolizar a necessidade de união dos grupos políticos que atuam na cidade para melhorar a saúde e outras estruturas públicas, pois esta atuação é e será necessária em outras áreas. Percebam que políticos de grupos distintos, até adversários, uniram forças para conseguir os recursos necessários para a obra. Isso é uma evolução na condução da coisa pública em Varginha e mostra amadurecimento político. O Hospital Regional de Varginha vem melhorando ao longo dos anos, e a atual gestão ainda tem muito a fazer, visto que a instituição ainda possui alta dívida e muitos investimentos a realizar. Sem falar que a atuação do Regional precisa ter maior sinergia com as demais estruturas de saúde (comandadas pela Prefeitura de Varginha) como a UPA e o Hospital Bom Pastor. Lembrando que os hospitais públicos Bom Pastor e Regional “não podem ser concorrentes e sim parceiros”. Embora saibamos que (nos bastidores políticos) existem comparações e disputas entre as estruturas.
 
Comércio cresce, mas enfrenta enormes desafios
O comércio é o setor que mais gera empregos no Brasil, principalmente nos grandes centros e cidades médias. Mesmo nas pequenas cidades, o comércio, juntamente com a agricultura são responsáveis pela maioria das vagas. Contudo, o comércio é o setor que mais sofre desde a pandemia. A indústria no Brasil vem se reinventando e começa a dar sinais de melhora, cobrando redução de carga tributária e melhoria na legislação que de competitividade aos produtos nacionais. Além disso, tem sido cada dia mais comum que a indústria faça vendas diretas ao consumidor final, o que garante melhor renda à indústria, mas reduz ganhos do comércio. Além disso, o comércio nas pequenas e médias cidades enfrenta problemas como a falta de capacitação dos colaboradores e invasão dos produtos chineses que são vendidos via internet, sem impostos, o que vem liquidando empregos e empresas no comércio brasileiro. Em Varginha a Associação Comercial e Industrial – Aciv vem investindo pesado em treinamento e parcerias para melhorar os números do comércio local. Ações como a antecipação do pagamento do serviço público ou mesmo antecipação do pagamento de benefícios do governo federal tem impactado positivamente as vendas. Outro ponto positivo são os investimentos realizados no Via Café Shopping, que funcionam como um “balizador de todos os demais comerciantes, principalmente o comércio de rua”.
 
Via Café: do susto ao sucesso!
Ou seja, quando o Via Café Shopping investe em novas lojas, novas atrações e promoções, o comércio de rua precisa também investir para se tornar competitivo, o que cria um ciclo virtuoso de investimentos”. Quanto ao Via Café Shopping, em 2024, o empreendimento - que recentemente bateu recordes de vendas e de público desde a inauguração - comemora a boa fase com a assinatura de novos contratos. Até o fim do ano, quatro importantes operações (novas lojas) chegam para ampliar o mix de lojas. Em apenas oito anos, o Via Café Shopping Center já se consolidou como a principal referência em compras no Sul de Minas, visto que trouxe para a região, marcas nacionais e internacionais e que não eram vistas no interior. Contudo, a crise econômica do grupo empresarial controlador do Via Café impôs ao empreendimento a recuperação judicial que assustou o comércio de Varginha. Visto que ninguém esperava tal dificuldade econômica do grupo, mesmo porque o Via Café tem batido recordes de venda. Trocando em miúdos, mesmo grandes investimentos como o Via Café são afetados por decisões macroeconômicas nacionais, quem dirá os pequenos comércios de Varginha, que juntos concorrem entre si e contra a alta carga tributária nacional e a concorrência desleal dos produtos chineses. Empreender no Brasil é um desafio diário!
 
É namoro ou amizade?
A relação do governo municipal e seus principais líderes com o PSD parece que mudou muito, mas ainda não sabemos se a relação será duradoura ou não! O PSD concorreu no passado contra Antônio Silva e Verdi, entrou no governo de forma tímida. A legenda possui em seus quadros nomes distintos e com ideologias diferentes. Com a migração de Leonardo Ciacci (candidato oficial do governo Verdi) e sua equipe para o PSD, a legenda tornou-se rapidamente a principal legenda do governo, substituindo o Avante, partido do prefeito Verdi. A questão é saber se o relacionamento do grupo político governista municipal com o PSD vai durar até 2026, quando membros e apoiadores de Verdi e Ciacci, vão disputar eleições concorrendo com Diego Andrade (majoritário e controlador do PSD regional). O tempo dirá!

Comments


bottom of page