top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Declarações de Lula Fazem Dólar Subir, Alcançando R$ 5,57

As declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva mais uma vez impactaram o mercado financeiro, levando à alta do dólar nesta sexta-feira, 28. A moeda norte-americana, que começou o pregão com uma queda de 0,25%, inverteu a tendência e passou a subir. Às 10h53, a cotação do dólar aumentava 1,12%, atingindo R$ 5,57, conforme noticiado pelo Estadão. A última vez que o dólar fechou acima desse valor foi em 10 de janeiro de 2022.

Em entrevista à Rádio O Tempo, de Minas Gerais, Lula criticou novamente Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), alegando que ele não está cumprindo suas funções adequadamente. Lula afirmou que a taxa de juros de 10,5% “é irreal para uma inflação de 4%” e sugeriu que os juros poderiam cair com um novo presidente do BC, a ser indicado por ele ao fim do mandato de Campos Neto.

“Isso vai melhorar quando eu puder indicar o presidente do Banco Central, e vamos construir uma nova filosofia”, declarou Lula. O mercado interpretou essa fala como um sinal de que o presidente pretende interferir nas decisões do BC assim que seu indicado assumir.

Neste mês, o dólar já subiu 8,26% e, no ano, acumula uma alta de 14,97%. Esse movimento é influenciado por fatores externos, como preocupações com os juros nos Estados Unidos, e por fatores internos. Desde a semana passada, Lula intensificou suas críticas a Campos Neto e reforçou sua política de gastos públicos, contribuindo para a pressão sobre o câmbio.

Lula Chama Jornalistas de "Cretinos"
Na quinta-feira, 27, em uma postagem no Twitter/X, Lula chamou de “cretinos” os jornalistas que relacionaram suas recentes declarações ao aumento do dólar.
Fonte: Revista Oeste

Comments


bottom of page