top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Dengue: veja como denunciar possíveis focos do mosquito




Para intensificar o combate à dengue e conter a disseminação do mosquito vetor responsável pela transmissão da doença, as autoridades de saúde na região Sul de Minas têm implementado estratégias eficazes, proporcionando à comunidade canais específicos para a denúncia de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti.

Essas ações estão sendo implementadas de maneira ativa em municípios como Poços de Caldas, Pouso Alegre e Varginha, onde os cidadãos são incentivados a reportar potenciais criadouros por meio de aplicativos ou via telefone.

Em Varginha, uma das cidades engajadas nessa iniciativa, a população pode utilizar o aplicativo 'Conecta Varginha', prontamente disponível para download nas principais lojas de aplicativos, como Google Play e IOS. Ao acessar o aplicativo, os usuários encontram as opções "Denúncia de Lote Sujo" e "Denúncia de Foco de Dengue" na seção de serviços, seguindo um simples passo a passo indicado para facilitar o processo de comunicação.

O aplicativo 'Conecta Varginha' torna-se, assim, uma ferramenta crucial na luta contra a proliferação da dengue, proporcionando uma maneira ágil e eficiente para os moradores reportarem potenciais focos do mosquito transmissor. A conscientização da população e a participação ativa no processo de identificação e eliminação de criadouros contribuem significativamente para o sucesso das iniciativas de controle da doença.

É importante ressaltar a gravidade da situação em Varginha, que até o momento registrou 965 casos prováveis de dengue, com 758 confirmações e dois óbitos em fase de investigação, conforme dados do boletim epidemiológico da SES-MG até 9 de fevereiro. Essas estatísticas destacam a urgência das medidas adotadas pelas autoridades de saúde e a necessidade de engajamento da comunidade para reverter essa situação preocupante. O apoio da população por meio dos canais disponibilizados é fundamental para fortalecer a batalha contra a dengue e preservar a saúde da comunidade local. Portanto, a divulgação e o uso dessas ferramentas representam passos cruciais na direção de um ambiente mais seguro e livre da ameaça do mosquito transmissor.
Inf: G1

Comments


bottom of page