top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Detentos que fugiram de presídio em MG já retornaram ao sistema prisional


Os dois últimos detentos foragidos do Presídio de Boa Esperança foram recapturados na sexta-feira (28) pela Polícia Militar, completando a volta de todos os sete fugitivos ao sistema prisional. A confirmação veio na manhã de sábado (29) pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Segundo a Sejusp, Rafael dos Santos Silva foi recapturado na manhã de sexta (28) na casa do irmão, na cidade de Cristais (MG), após ser localizado pela PM com o auxílio dos setores de Inteligência da Polícia Penal. Ele foi transferido para o Presídio de Campo Belo.

Bruno Pereira dos Santos foi preso na noite de sexta-feira (28) no município de Lavras. Ele foi encontrado por uma equipe da Polícia Militar e levado para o Presídio de Lavras.

Os outros cinco presos foram recapturados na quarta-feira (26), um dia após a fuga. A polícia continua investigando se houve algum tipo de ajuda para a realização da fuga.

A fuga aconteceu no início da noite de terça-feira (25). A suspeita é que os detentos cavaram um buraco numa das paredes de uma cela, pularam o muro e seguiram pela rua do presídio.

Imagens de câmeras de segurança mostram os detentos já na rua, tentando levar um carro com o motorista ainda dentro. Quando não conseguem, eles pegam uma caminhonete e fogem.

Uma força-tarefa, composta pelas polícias Militar, Penal e Civil, foi montada para encontrar os sete fugitivos.

Recaptura dos detentos
Todos os detentos foram recapturados e retornaram ao sistema prisional. Os recapturados são: David Cesar Souza, Felipe Henrique Silva, Igor da Silva Miquelino, Maycon Douglas Marques Neves, Júlio Cesar Bento, Bruno Pereira dos Santos e Rafael dos Santos Silva.
Igor da Silva Miquelino, que já havia fugido do Presídio de Campos Gerais no início deste ano e ficado sete dias foragido antes de ser recapturado em 14 de janeiro, também está entre os recapturados.

Investigação
De acordo com o delegado Moacir de Oliveira Neto, foi aberta uma investigação para apurar se houve facilitação na fuga dos detentos.
"A Polícia Civil vai abrir uma investigação para apurar se houve alguma facilitação nessa fuga, para identificar possíveis envolvidos que tenham contribuído de alguma forma para a fuga dos presos. Todas as forças de segurança, incluindo a Guarda Municipal, atuaram na recaptura dos fugitivos e agora continuarão as diligências para localizar e recapturar os presos", afirmou o delegado.
Ele acrescentou que os presos que fugiram estão envolvidos em diversos tipos de crimes, incluindo furto, tentativa de homicídio, lesão corporal e estupro.
Fonte: G1

Comments


bottom of page