top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Dia Mundial da Saúde Ocular: Cuidados e Prevenção para Todas as Idades

O Dia Mundial da Saúde Ocular, estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o dia 10 de julho, serve como um alerta sobre a importância dos cuidados com a visão em todas as idades. Tanto crianças quanto adultos podem ser afetados por doenças oculares, muitas das quais podem ser prevenidas ou tratadas.

De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), 90% dos casos de deficiência visual no mundo são evitáveis ou tratáveis.

Em crianças, a perda de visão pode estar associada a infecções congênitas, catarata congênita, retinopatia da prematuridade e glaucoma congênito. Ulisses Roberto dos Santos, oftalmologista do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), enfatiza a necessidade de acompanhamento oftalmológico precoce para evitar o comprometimento do desenvolvimento da visão, que só amadurece por completo por volta dos oito anos de idade.

Um dos tumores oculares mais frequentes na infância é o retinoblastoma. Sinais como estrabismo e alterações no reflexo vermelho da pupila (que pode parecer branca) devem ser observados pelos pais, que devem levar a criança a um especialista imediatamente.

Nos adultos, a perda da visão é frequentemente causada por catarata, degeneração macular relacionada à idade e retinopatia diabética. No entanto, o glaucoma, que é um grupo de doenças que danificam o nervo óptico e causam perda de visão, é identificado pela Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO) como a principal causa de cegueira irreversível no mundo. O aumento da pressão ocular é o principal fator de risco para o glaucoma.

Essas condições muitas vezes são silenciosas e só podem ser detectadas por exames oftalmológicos regulares. Ulisses Roberto dos Santos destaca a importância dos exames oftalmológicos não só para a detecção de doenças oculares, mas também para o diagnóstico de condições como diabetes e hipertensão arterial. Ele recomenda que adultos e jovens saudáveis façam exames de visão a cada três anos, enquanto idosos devem realizar o exame a cada dois anos. O médico alerta que exames de vista realizados em óticas geralmente são feitos em condições precárias e sem os equipamentos necessários para um exame completo.
Fonte: Agencia Minas

Comments


bottom of page