top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Dona de buffet some no dia da festa de turma de direito de Juiz de Fora, e formandos pedem justiça

Formandos contrataram outra empresa às pressas, além de terem comprado bebidas por fora


Formandos acusam buffet de calote em Juiz de Fora. FOTO: Arquivo Pessoal

Formandos de uma faculdade de Direito em Juiz de Fora, na Zona da Mata, quase ficaram sem a festa de formatura na noite do último sábado (11). O evento estava agendado para as 23 horas, mas, durante a tarde, eles foram alertados pelo DJ contratado que o pagamento pelo serviço dele não tinha sido feito. O mesmo fornecedor foi contratado para um casamento na noite anterior pelo mesmo buffet, o “A Festa É Sua”, e o casamento não havia ocorrido.

“Fomos até a casa dela para saber quais fornecedores estavam pagos, quem eram os fornecedores... Chegando lá, ela não estava em casa, quem estava era o marido dela, que nos relatou que ele não trabalha com ela e que ela havia sumido. Então, corremos atrás de outro buffet e compramos as bebidas por fora”, contou a formanda Andressa de Castro Carvalho.

Ainda segundo Andressa, a dona do buffet procurou o grupo no outro dia e propôs uma nova data. Mas os participantes querem justiça.

“Ela falou que surtou e, por isso, sumiu. Ela não tinha dinheiro para fazer a nossa festa. Disse que, desde a pandemia, está em uma bola de neve. Pediu para gente fazer outra festa no dia 3 de fevereiro, disse que iria entregar. Mas é inviável após o gasto que tivemos no sábado. Queremos nosso dinheiro de volta”, finalizou.

O contrato da primeira festa ficou em R$ 38 mil. Com a situação, formandos conseguiram um buffet de última hora pelo valor de cerca de 19 mil. No entanto, como o pagamento teria que ser à vista, três dos 16 formandos ficaram de fora, porque não tiveram condições financeiras para arcar com os custos.
A reportagem da Itatiaia tenta contato com a dona do buffet, mas as ligações não estão sendo atendidas.

FONTE: Itatiaia

Comments


bottom of page