top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Dr. Marcos Vinicius toma posse como 1º vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM)


Minas Gerais está mais uma vez representada na diretoria da Confederação Nacional de Municípios (CNM) para o triênio 2024-2027, com o presidente da AMM e prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius como 1º vice-presidente da entidade.  A posse aconteceu em solenidade na sede da CNM, em Brasília, nesta segunda-feira, 20 de maio, com a presença de presidentes de associações estaduais e prefeitos de todo o país. Eleito em março, o grupo assume a missão de conduzir a CNM pelo triênio 2024-2027, sob a presidência de Paulo Ziulkoski.

“Minas está de parabéns, estarmos representados na diretoria da CNM mostra a força e a importância do municipalismo mineiro em toda a pauta nacional. Ter um mineiro na vice-presidência de uma entidade tão importante como a CNM pela terceira gestão consecutiva demonstra o respeito que a AMM adquiriu a nível nacional”, comemorou Dr. Marcos.

Além da vice-presidência da entidade, Minas Gerais também está representada em outras áreas da nova gestão. Junto com Dr. Marcos, dois prefeitos mineiros foram empossados como integrantes da nova diretoria: o prefeito de Chácara, Bilim Oliveira, como representante titular da Região Sudeste; e o prefeito de São Lourenço, WalterJosé Lessa, como suplente do conselho fiscal da CNM.  

Amanhã, 21 de maio, acontece a abertura oficial da Marcha dos Prefeitos a Brasília, que ocorre às 10 horas, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), que sedia o evento. A delegação mineira vem em grande número, com mais de 1.300 inscritos.

Em pronunciamento inaugural da gestão, Ziulkoski reforçou que a atuação seguirá firme no propósito de se unir em prol dos municípios. “Tivemos uma disputa acirrada [nas eleições], mas o que vai nos unir não são as nossas posições pessoais, é a luta pela desoneração, por uma Reforma Tributária justa, pela renegociação dos precatórios.”

Ele também destacou os quatro pilares que considera imprescindíveis para guiar a entidade e que estará sempre no norte de sua atuação: independência financeira, apartidária, de governo e capacidade técnica. “O dia que um desses pilares falhar, cai essa entidade. Por isso, não abrimos mão da nossa conduta, que é de diálogo, nunca de subserviência ao governo”, pontuou. “O governo passa, o Estado continua. Lutamos por questões estruturais”, defendeu.

Homenagem
Emocionado, o presidente da CNM aproveitou a oportunidade para abordar a situação dos municípios gaúchos, que enfrentam os efeitos das enchentes e inundações, que já afetam 461 das 497 cidades do Estado. “É muito difícil falar. Eu estava lá e é um desastre com uma dimensão que nunca houve antes.” Ele adiantou que muitos gestores locais do Rio Grande do Sul não poderão participar da XXV Marcha por causa da situação, mas que o tema será amplamente discutido no evento.

Convidado a prestar homenagem aos membros da gestão que se encerra e aos que assumem, o ex-presidente da CNM Glademir Aroldi também se emocionou ao agradecer aos gestores de todo o país pelo apoio prestado. “Muito obrigado pela mobilização, pelas doações. Se puderem, continuem fazendo isso. O Rio Grande do Sul vai precisar dessa solidariedade por muito tempo.”

Aroldi ainda destacou a importância da atuação do Movimento Mulheres Municipalistas (MMM), conduzido por Tania Ziulkoski, e do presidente Ziulkoski como “a maior autoridade municipalista do país” e pediu a união do municipalismo. “[Os membros da diretoria que se encerra] lutaram e não mediram esforços para conquistar resultados. Aos que entram, que tenham muita força, muita garra e determinação para continuar lutando pelo que é necessário para o fortalecimento de cada Município, em busca da tão sonhada autonomia”, discursou.

Resultados
As principais conquistas da Diretoria 2021-2024 foram relembradas na solenidade. Ao listar os feitos – como a criação de um adicional de 1% do FPM em setembro e a Lei das Associações –, a diretora técnica da CNM, Thalyta Alves, lembrou que a entidade atua pela melhoria na qualidade de vida de todos os brasileiros por meio do aprimoramento da gestão municipal. “O propósito é e sempre foi olhar pelo cidadão”, destacou.

XXV Marcha
A solenidade de posse da Diretoria da CNM integra a programação da XXV Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que começou nesta segunda-feira, 20 de maio, e vai até quinta-feira (23). A abertura oficial ocorre às 10 horas desta terça-feira (21), no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), que sedia o evento.

Conheça a Diretoria da CNM – Gestão 2024-2027:

Conselho Diretor
Presidente – Paulo Roberto Ziulkoski (Ex-Prefeito de Mariana Pimentel/RS)
1º Vice-Presidente – Marcos Vinicius Bizarro (Prefeito de Coronel Fabriciano/MG)
2ª Vice-Presidente – Gisele Tonchis (Ex-Prefeita de Lourdes/SP)
3º Vice-Presidente – Ivo Rezende Aragão (São Mateus do Maranhão/MA)
4º Vice-Presidente – Rafael Machado (Prefeito Campo Novo do Parecis/MT)
5º Vice-Presidente – Joner Chagas (Prefeito de Bonfim/RR)
1º Secretário – Edimar Santos (Prefeito de Santa Cecília do Pavão)
2º Secretário – Hudson Pereira de Brito (Prefeito de Santana do Seridó/RN)
3º Secretário – José Antônio Vasconcelos da Costa (Prefeito de Pedra Lavrada/PB)
1º Tesoureiro – Francisco Nélio Aguiar da Silva (Prefeito de Santarém/PA)
2º Tesoureiro – Fernando Sérgio Lira (Prefeito de Maragogi/AL)
3º Tesoureiro – José Carlos de Matos Soares (Prefeito de Riachão do Jacuí/BA)

Conselho Fiscal
Titular – Josafá Almeida Lima (Prefeito de São Caetano/PE)
Titular – Carlos Sampaio (Prefeito de Amapá/AP)
Titular – Silvany Mamlak (Prefeita de Capela/SE)
1º Suplente – José Adinan Ortolan (Prefeito de Cordeirópolis/SP)
2º Suplente – Walter José Lessa (Prefeito de São Lourenço/MG)
3º Suplente – Paulo Ricardo Salermo (Prefeito de Restinga Seca/RS)

Conselho de Representantes Regionais
Titular da Região Nordeste – Eduardo Tabosa (Ex-Prefeito de Cumaru/PE)
Suplente da Região Nordeste – Joaquim José de Medeiros (Prefeito de Cruzeta/RN)
Titular da Região Sul – Mário Afonso Woitexem (Prefeito de Pinhalzinho/SC)
Suplente da Região Sul – Amin José Hannouche (Prefeito de Cornélio Procópio/PR)
Titular da Região Sudeste – Jucélio Fernandes de Oliveira (Prefeito de Chácara/MG)
Suplente da Região Sudeste – Luciano Miranda Salgado (Prefeito de Ibatiba/ES)
Titular da Região Norte – vago
Suplente da Região Norte – Jair Aguiar Souto (Prefeito de Manaquiri/AM)
Titular da Região Centro-Oeste – Wilson Tavares (Prefeito de Gameleira de Goiás/GO)
Suplente da Região Centro-Oeste – Neurilan Fraga (Ex-Prefeito de Nortelândia/MT)

Com informações da CNM.

Comentarios


bottom of page