top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

'Esquerda deveria propor fazer lobotomia,sangria, choque elétrico', diz Zema

O governador Romeu Zema (Novo) disse na segunda-feira (5) que a esquerda brasileira deveria propor "fazer lobotomia, sangria e choque elétrico". A fala do governador foi dita em entrevista ao programa "Pânico", da rádio Jovem Pan e a três dias da visita do presidente Luís Inácio Lula da Silva a Minas Gerais. O governador disse na semana passada que queria uma audiência de pelo menos 15 minutos com o presidente.
Questionado por um dos apresentadores sobre uma afirmação enterior de que a governos de esquerda "não dão certo", Zema disse as expressões em alusão, na opinião dele, de que a esquerda é ultrapassada.
"Esquerda, aqui no Brasil, do jeito que ela age, ela deveria propor novamente fazer lobotomia, fazer sangria, fazer tratamento com choque elétrico, isso já foi abandonado pela medicina como tratamento há 50 anos atrás. Mas, parece que aqui eles (esquerda) querem tentar insistir naquilo que já deu errado. Nós temos que deixar o brasileiro ciente, não dá para ficar tentando o que deu errado. 'Eu vou continuar errando que uma hora vai dara certo'. É um raciocínio que não faz sentido nenhum. Nós temos que fazer o que deu certo no resto do mundo e não de ficar insistindo no erro que já se mostrou que não funciona aqui. Parece que eles julgam que a repetição vai fazer que uma hora o que não funciona, funcione", respondeu Zema.
O governador não deixou claro o que "não dá certo" nem apontou quais ações a esquerda no país insiste que são ultrapassadas. Zema não cravou que será candidato à Presidência em 2026, mas disse que estará de "prontidão para apoiar o melhor candidato da direita".
Fonte: O Tempo

Comments


bottom of page