top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

“Estão julgando o personagem Moro e não o processo”, diz deputado do União Brasil

O senador Sergio Moro (PR) e sua esposa, a deputada Rosângela Moro (União-SP), se aproximaram da cúpula e do União Brasil nos meses que antecederam o julgamento que pode levar à cassação do mandato do ex-juiz.
Segundo parlamentares da sigla ouvidos pela CNN, Rosângela Moro se posicionou de forma proativa na bancada da Câmara ao lado do grupo de Antonio Rueda e ACM Neto no embate contra Luciano Bivar, que pode ser expulso da legenda.
A cúpula do União agora acompanha com atenção o julgamento, enquanto sai em defesa do senador de forma contundente.
“Estão julgando o personagem Moro e não o processo, que é uma aberração”, disse à CNN o deputado Mendonça Filho (PE), que faz parte da cúpula do União Brasil.
Segundo o parlamentar, uma eventual cassação causaria “insegurança jurídica”, já que todos os políticos fazem pré-campanha com o amparo da lei.
“Essa ação é uma perseguição clara e um duelo histórico sobre o que a Lava Jato produziu de bom. A Lava Jato se excedeu em alguns pontos, mas o conjunto da obra produziu resultados positivos contra a corrupção endêmica no Brasil”, disse Mendonça.
A leitura da sigla é que independente do resultado, Moro sairá politicamente fortalecido e será um personagem central na política do Paraná, com ou sem mandato.
Fonte: CNN

コメント


bottom of page