top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Estudante busca justiça após ser impedido de ingressar em curso de medicina por Lei de Cotas em MG.


Foto: Reprodução EPTV
 Um estudante de Passos (MG) está buscando a intervenção judicial para garantir sua entrada no curso de medicina da Universidade Federal de Uberlândia. Embora aprovado pela Lei de Cotas, a instituição recusou sua matrícula após uma avaliação da Banca de Heteroidentificação.

Pedro sempre nutriu o sonho de se tornar médico desde a infância. Ele frequentou escolas públicas e dedicou muitas horas aos estudos. "No cursinho, eu tinha uma rotina rigorosa, das 7h às 12h40, com uma pausa para o almoço, seguida por mais estudos até as 19h, depois do banho, jantar e mais estudos até às 23h30", compartilhou o jovem.

Após tanto esforço, a oportunidade chegou com a aprovação na Universidade Federal de Uberlândia. "Quando recebi a notícia, meu pai me parabenizou e disse que eu estava prestes a entrar em um mundo totalmente novo", disse Pedro.

Fonte: G1

Comentarii


bottom of page