top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Funed e Sejusp Ampliam Projeto Liberdade em Ciclos com Produção de Absorventes e Fraldas por Presos

A Fundação Ezequiel Dias (Funed) recebeu esta semana representantes do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen) e da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). A visita fortalece a parceria no projeto Liberdade em Ciclos, que consiste na fabricação de absorventes e fraldas descartáveis por presos nas unidades prisionais do estado.

Segundo a Sejusp, a produção mensal de absorventes chega a 150 mil unidades, destinados ao consumo interno das unidades prisionais. O projeto, além de promover a reintegração social, gera uma economia anual de aproximadamente R$ 8 milhões para Minas Gerais.

Para o presidente da Funed, Felipe Attiê, o projeto tem um papel social crucial ao resgatar a dignidade de mulheres privadas de liberdade. “A parceria entre Sejusp e Funed é valiosa, pois garante produtos higiênicos essenciais e muitas vezes inacessíveis. Nosso objetivo é aumentar a produção com qualidade”, destaca Attiê.
A Funed, desde a oficialização da parceria em agosto de 2023, assegura que a produção atenda aos padrões de qualidade exigidos pela Anvisa. A analista de saúde e tecnologia do Serviço de Microbiologia e Biologia Molecular de Produtos da Funed, Glenda Meira Cardoso, explica que a fundação adequou os processos produtivos às normas de biossegurança e aos parâmetros microbiológicos. “Essas adequações são fundamentais para garantir a qualidade do produto final”, afirma Glenda.

A técnica de saúde e tecnologia do SMBP, Adriane Angélica da Silva Souza, reforça que a Funed reestruturou as áreas físicas e os processos produtivos, alinhando-os aos parâmetros microbiológicos e de biossegurança. “Trabalhamos para que toda a cadeia produtiva seja adequada, conforme as normas do Sistema de Gestão da Qualidade”, diz Adriane.

Paulo Alexandre Duarte, diretor de Trabalho e Produção da Sejusp, destaca a importância da Funed para o fortalecimento do projeto. Ele menciona o envio de 32 mil absorventes e 266 pacotes de fraldas para o Rio Grande do Sul como exemplo do impacto social da parceria. “Buscamos a expertise da Funed para adequar nossos processos produtivos”, afirma Duarte.

O projeto Liberdade em Ciclos é executado pela Diretoria de Trabalho e Produção da Superintendência de Humanização do Atendimento, qualificando presos e aumentando suas chances de reintegração social. “É gratificante contribuir para uma política pública de impacto social. Estamos orgulhosos”, enfatiza Adriane.
Ampliação do Projeto

A parceria entre Sejusp e Funed permitiu a ampliação do projeto para outras unidades prisionais do estado e a fabricação nacional dos produtos. A Funed continuará atuando na estruturação de novas unidades produtivas, monitorando a qualidade de produtos e serviços sujeitos ao controle sanitário em Minas Gerais.
Fonte: Agencia Minas

コメント


bottom of page