top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Homem é condenado a 18 anos de prisão por assassinar de ex-namorada grávida em MG

Comerciante de 42 anos foi considerado culpado por homicídio triplamente qualificado contra Joyce Luiza Silva de Araújo em Ipatinga, no Vale do Aço


FOTO: Reprodução/Redes Sociais
Nesta quarta-feira (7), o comerciante Silvio Almeida da Silva, de 42 anos, foi sentenciado a 18 anos de prisão pelo homicídio triplamente qualificado de sua ex-namorada, Joyce Luiza Silva de Araújo, de 22 anos, ocorrido em Ipatinga, no Vale do Aço. O crime ocorreu no dia em que Joyce completava 22 anos, pouco após ela descobrir sua gravidez.

Silvio Almeida da Silva foi considerado culpado por homicídio triplamente qualificado, com as agravantes de 'motivo torpe', 'recurso que dificultou a defesa da vítima' e 'feminicídio'. O júri popular, composto por três homens e quatro mulheres, deliberou sobre o caso no Fórum de Ipatinga.

Sobre o Caso

No dia 4 de maio de 2023, Joyce Luiza Silva de Araújo foi fatalmente atingida por tiros em Ipatinga, no Vale do Aço. A jovem, que estava grávida, foi assassinada no dia de seu aniversário de 22 anos. O autor do crime foi identificado como Silvio Almeida da Silva, de 42 anos, que não aceitava o fim do relacionamento com Joyce.

Uma testemunha relatou à polícia ter presenciado o momento em que o acusado chegou à residência de sua ex-namorada, atirou contra ela e fugiu de carro imediatamente. Após o crime, a polícia realizou buscas na loja de Silvio, porém esta estava fechada. Durante a busca, uma arma falsa e outros itens foram apreendidos.

Após seis dias de fuga, Silvio foi capturado em Piúma, no Espírito Santo.

Comments


bottom of page