top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Homem atingido com taco no olho ao se recusar a jogar partida de sinuca morre após 1 mês internado


O homem de 31 anos, Osmar Júnior, que foi atingido no olho direito com um taco de sinuca durante uma briga de bar em Caxambu (MG), no mês passado, morreu neste domingo em Varginha (MG), onde estava internado em estado grave há quase um mês. O suspeito do crime, um homem de 24 anos, está preso desde o ocorrido.

O crime ocorreu na madrugada do dia 15 de março, quando os dois homens estavam jogando bilhar em um bar no bairro Federal. Uma discussão teria se iniciado e o suspeito golpeou a vítima com o taco de sinuca, levando-o a ser socorrido pelo Samu e encaminhado para o Hospital Casa de Caridade São Vicente de Paulo, em Caxambu. Posteriormente, ele foi transferido em estado grave para o Hospital Regional, em Varginha, com o auxílio do helicóptero Arcanjo do Corpo de Bombeiros.

A advogada da família da vítima, Ráriana Martins, ainda não divulgou informações sobre velório ou sepultamento. Com a morte de Osmar, o suspeito Estefano Torres Figueiredo, que permanece detido, responderá por homicídio qualificado por motivo fútil, cruel e sem possibilidade de defesa da vítima.

Segundo relatos da advogada, o desentendimento entre os envolvidos teria ocorrido após a recusa de Osmar em jogar uma partida de sinuca. Testemunhas no local presenciaram a briga e uma delas impediu o suspeito de fugir antes da chegada da polícia.

O suspeito, ao ser interrogado pela polícia, alegou que a briga teve início por "motivos fúteis durante o jogo de sinuca" e que não tinha a intenção de ferir gravemente a vítima. Após os procedimentos legais, ele foi encaminhado ao sistema prisional e permanece à disposição da Justiça.
Fonte: G1

Comments


bottom of page