top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Homem suspeito de atirar em rosto de policial militar que orava em monte é preso pela PM

Crime ocorreu no dia 26 de dezembro de 2020, no bairro Palmares, na Região Nordeste de Belo Horizonte.


Arma apreendida pela Polícia Militar na época do crime. — Foto: Herbert Cabral/TV Globo
Na quarta-feira, 14 de fevereiro, um homem suspeito de ter disparado contra um policial militar durante um assalto foi detido no bairro Santa Terezinha, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. O incidente ocorreu em 26 de dezembro de 2020, no bairro Palmares, na Região Nordeste de BH.

Segundo informações divulgadas pela Polícia Militar (PM), o indivíduo em questão foi localizado pela equipe de Serviço de Inteligência da corporação, com apoio das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam). Ele estava foragido desde fevereiro de 2021, quando um mandado de prisão foi emitido por tentativa de homicídio.

Baleado no rosto


O policial militar, na noite do ocorrido em dezembro de 2020, estava em oração em um monte no bairro Palmares quando foi abordado por cinco indivíduos em um veículo roubado, que tentaram roubar sua motocicleta. Diante da percepção de que a arma dos suspeitos era uma réplica, o policial reagiu e efetuou um disparo. Entretanto, os assaltantes entraram em luta corporal, resultando em um dos indivíduos apoderando-se da arma do militar e disparando contra ele, atingindo-o no rosto.

Suspeitos presos na época do crime. — Foto: Herbert Cabral/TV Globo
Os criminosos fugiram com o carro, a moto e a arma do policial. Após rastrear o celular de um dos suspeitos, a Polícia Militar conseguiu prender quatro deles e recuperar os itens roubados. O quinto indivíduo, que era menor de idade na época, estava sendo procurado desde então e foi detido no mencionado dia.

O policial ferido foi socorrido e levado ao Hospital Risoleta Neves, onde foi constatado que ele sofreu sequelas devido ao incidente."

Materiais apreendidos com os suspeitos. — Foto: Herbert Cabral/TV Globo

Comentários


bottom of page