top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Idoso cai com bicicleta em ribeirão ao tentar passar por trecho danificado pela chuva em Pouso Alegre, MG

Passagem é o único acesso para as pessoas sem carro conseguirem passar no trecho da região do bairro Faisqueira, em Pouso Alegre.


Acidente de Bicicleta de Idoso em Ribeirão das Mortes, Pouso Alegre (MG), devido a Danos Causados por Chuvas Recentes. Foto: Reprodução/EPTV
Um incidente ocorreu quando um idoso de 71 anos caiu de sua bicicleta ao tentar atravessar um trecho danificado pelas chuvas recentes no Ribeirão das Mortes, localizado em Pouso Alegre (MG). O homem perdeu o controle de direção na passagem feita em um acesso da avenida Antônio Scodeler.

O incidente foi capturado por câmeras de segurança, que registraram o momento em que José Trajano, um porteiro que retornava de um supermercado no bairro Faisqueira, caiu no ribeirão. Ele estava atravessando o local em sua bicicleta quando, ao perder o controle, acabou dentro do ribeirão.

Trajano foi socorrido por transeuntes que estavam passando pelo local no momento do acidente. Ele foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Samuel Libânio. Como resultado da queda, ele sofreu um corte na cabeça e escoriações pelo corpo, necessitando de quatro pontos para fechar o ferimento.

O trecho da avenida foi danificado pelas chuvas da semana anterior, que levaram toda a estrutura da ponte. O local já estava passando por obras quando o temporal do dia 22 de fevereiro resultou na formação de uma cratera.

Essa passagem é a única rota para pessoas sem carro conseguirem atravessar a região do bairro Faisqueira. O caminho alternativo para pedestres leva cerca de 20 minutos e é composto por uma passagem de terra e pedregulhos.

A prefeitura, procurada pela EPTV, afiliada da TV Globo, informou que o local não está liberado para passagem de veículos e bicicletas, sendo permitido apenas para pedestres. Conforme a administração municipal, o local está devidamente sinalizado e a previsão é que a liberação ocorra apenas no fim de semana.

Além de causar a cratera, as fortes chuvas também provocaram alagamentos em casas, arrastaram um motociclista e deixaram pessoas ilhadas em Pouso Alegre. Na ocasião, foi registrado o maior volume de chuva no Brasil em 24 horas.

De acordo com o Climatempo, a cidade recebeu um acumulado de 243.4 milímetros de chuva durante esse período.


Comments


bottom of page