top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Investigação termina em prisão por estupro de vulnerável de tio-avô contra criança de 10 anos em MG

PCMG representou pelos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra o suspeito, sendo a solicitação acolhida pelo Poder Judiciário.


Foto: PCMG
As investigações acerca do suposto crime de estupro de vulnerável em Cana Verde resultaram na prisão preventiva de um suspeito de 63 anos no último sábado (13/2). O investigado é tio-avô da vítima, um menino de 10 anos.

A denúncia foi apresentada em 30 de janeiro deste ano pelos avós da criança e membros do Conselho Tutelar. Na ocasião, eles relataram que quatro dias antes (26), a vítima, que participava de um evento do Centro de Referência e Assistência Social (Cras), confidenciou ter sido vítima de abuso sexual. De acordo com a criança, o crime teria sido cometido pelo irmão de seu bisavô.

Após uma escuta especializada da vítima, ela confirmou os abusos, revelando que tais atos ocorriam há algum tempo. Exames de corpo de delito foram realizados, confirmando a presença de lesões anais.

Diante dos fatos, a Polícia Civil representou pelos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra o suspeito, ambos concedidos pelo Poder Judiciário.

Comentários


bottom of page