top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Liminar de Justiça suspende concurso para Guarda Municipal de Passos


A Justiça suspendeu liminarmente o concurso realizado pela prefeitura para a Guarda Municipal de Passos (MG) após um participante alegar modificação no edital após a primeira fase. As provas foram realizadas em março deste ano, oferecendo 50 vagas com salários de até R$ 3 mil, sendo 5 destinadas a pessoas com deficiência (PcD) e 10 reservadas para candidatos negros e pardos.
A decisão de suspensão foi emitida pela juíza Patrícia Maria Oliveira Leite, titular da 3ª vara cível da comarca de Passos, e cabe recurso. A prefeitura recebeu a notificação na tarde de terça-feira (7) e planeja recorrer da decisão.

A primeira etapa do concurso ocorreu em março, com os resultados publicados em 9 de abril. Originalmente, a convocação para a segunda etapa seria de seis vezes o número de vagas, mas em 17 de abril, a prefeitura retificou o edital, autorizando a convocação de todos os candidatos classificados na primeira etapa para o teste de aptidão física.

Essa mudança permitiu que todos os candidatos que acertaram 50% da prova fossem convocados, mesmo os que estavam eliminados. A justificativa foi o alto índice de reprovação esperado nas próximas etapas, especialmente no teste psicológico.

A terceira etapa do concurso, prevista para 11 de maio, está suspensa até que uma sentença seja emitida sobre o caso. O Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa (IBPG), responsável pelo concurso, explicou que a modificação no edital visava garantir pelo menos 300 candidatos aprovados para as etapas seguintes, considerando a alta taxa de reprovação histórica nessas fases.
Fonte: G1

コメント


bottom of page